Prefeitura de Vinhedo assina escritura de aquisição da Represa IV

ABASTECIMENTO CAPELA – A Sanebavi informa que nesta quinta-feira (9), o fornecimento de água para os bairros abastecidos pelo reservatório Duoflex está prejudicado devido ao rompimento de uma rede na Av. Nossa Senhora de Lourdes, esquina com a Rua da Biquinha.
ABASTECIMENTO CAPELA – A Sanebavi informa que na tarde desta segunda-feira (13) está realizando manutenção emergencial em rede de abastecimento na rua Diogo de Freitas, Vila Savian, e na rua Benedito de Oliveira, no Jd. Eldorado.

Compra do manancial de água bruta é marco histórico no município; última represa da cidade foi construída há 43 anos

A Prefeitura de Vinhedo assinou nesta quarta-feira a escritura de aquisição da área de 72.800 metros quadrados, entre Vinhedo e Itupeva, próximo à Estação de Tratamento de Água (ETA) da Capela, onde será criada a Represa IV, para ampliar a oferta de água à população. A compra do manancial de água bruta é um marco histórico no município. A última represa da cidade foi construída há 43 anos.

A aquisição foi aprovada por unanimidade na Câmara Municipal e o prefeito Dario Pacheco assinou na tarde desta quarta-feira (8) o documento da escritura.

“Marco importante para Vinhedo, a criação de uma represa de água bruta para abastecer famílias e empresas da nossa cidade. Estamos trabalhando com seriedade e compromisso para ampliarmos a produção e oferta hídrica em Vinhedo. Já estamos viabilizando a quinta represa, no outro lado da cidade, na Bacia do Bom Jardim. Também vamos construir novos reservatórios de água tratada e está em andamento a licitação para modernizar o sistema de captação de água no Rio Capivari, que terá reservação ampliada”, afirmou dr. Dario.

As Represas II e III de Vinhedo forma construídas em 1979, quando a cidade possuía cerca de 15 mil habitantes. Hoje a população é estimada em 81.516 pessoas. A Prefeitura conseguiu a outorga de 40 m³/h do DAEE (Departamento de Água e Energia Elétrica) para captação de água na Represa IV, que irá contribuir para o abastecimento da Estação de Tratamento de Água (ETA) 2.

Segundo a Sanebavi, a nova represa possui 152.500m³, conforme batimetria realizada em 2020, capacidade equivalente a 92% da Represa I (165.500 m³), 52% da Represa II (291.800 m³) e quatro vezes maior que a Represa III (40.000m³).

A represa já foi utilizada pelo município, de forma emergencial, nos cenários de estiagem em 2014 e, mais recentemente, em 2020 e 2021, o que evitou que a região da Capela fizesse parte do rodízio preventivo de água adotado no ano passado pela Sanebavi. De acordo com o projeto aprovado na Câmara, a Prefeitura vai adquirir a área por R$ 4,2 milhões, a serem pagos com recursos municipais.