Sanebavi inicia cronograma de limpeza nos reservatórios municipais de água a partir do dia 12

Sanebavi realiza limpeza e teste de vazão em poço desativado no bairro Santa Cândida
Sanebavi moderniza cabines de energia elétrica das captações de água e estações de tratamento

Manutenção será feita nas 38 unidades do conjunto de abastecimento da cidade para garantir a qualidade da água

A Sanebavi dará início aos trabalhos de limpeza e desinfecção dos reservatórios municipais de água tratada a partir da próxima terça-feira (12). A manutenção será feita nas 38 unidades que compõem o conjunto de abastecimento da cidade para garantir a qualidade da água distribuída à população. O procedimento evita possíveis alterações das características físicas, químicas e bacteriológicas da água potável.
De acordo com o superintendente da Sanebavi, Jaderson Spina, a lavagem e higienização são etapas essenciais para assegurar a qualidade do recurso que chega aos moradores. “A Sanebavi realiza semestralmente a higienização dos reservatórios do município para fornecer aos vinhedenses água potável adequada para o consumo, dentro dos padrões estabelecidos pela portaria GM/MS 888”, afirmou. A portaria do Ministério da Saúde estabelece os procedimentos de controle e de vigilância da qualidade da água para consumo humano e seu padrão de potabilidade.
Para a limpeza de cada reservatório é feita a aplicação de uma solução biocida que atua na remoção dos substratos contidos nas paredes e promove a desinfecção, eliminando eventuais microrganismos patogênicos que possam estar presentes nas superfícies internas dos reservatórios.
É importante ressaltar que pode ocorrer interrupção no fornecimento de água para os bairros abastecidos pelos reservatórios que estiverem recebendo a limpeza. A autarquia orienta a população para que fique atenta ao cronograma de execução dos serviços, disponível para consulta nas redes sociais e no site da Sanebavi.
“No dia que antecede a limpeza e no dia posterior ao serviço pode acontecer intermitências no abastecimento na região abastecida pelo reservatório. Isso ocorre porque é necessário secar o reservatório para aplicação dos produtos, e após, é necessário restabelecer o nível, que leva entre 24 e 36 horas, dependendo do local”, explica Gabriel Carvalho, diretor de Estação de Tratamento de Água da Sanebavi.

Programação de Limpeza dos Reservatórios e bairros afetados