Sanebavi inicia setorização no Marambaia para redução de perdas de água

2021.10.26 – AVISO DE LICITAÇÃO PR Nº 23-2021
Sanebavi realiza manutenção em rede de esgoto na Avenida Imigrantes

Divisão em setores vai garantir melhor controle da pressão nas redes além do isolamento parcial durante as manutenções no sistema

A Sanebavi vai dar início, na próxima semana, à implantação da setorização na rede de distribuição de água tratada no Condomínio Marambaia. A obra vai corrigir a alta pressão existente na rede que abastece o local e resulta no rompimento e fissuras na tubulação, gerando grande perda da água potável do sistema de abastecimento.
O projeto e o cronograma com as etapas de execução da obra foram apresentados pela Sanebavi aos representantes do Marambaia na manhã desta segunda-feira (8). A implantação do Setor Marambaia em Zonas de Pressão consiste no seccionamento da tubulação que fornece a água tratada para o condomínio e na instalação de válvulas redutoras de pressão, que vão garantir maior controle da pressão nas redes, reduzindo a quantidade de rompimentos e vazamentos.
A divisão em setores menores também facilita o gerenciamento e controle operacional do sistema, permitindo desligar trechos estratégicos sempre que houver necessidade de manutenções, evitando que todo condomínio fique sem água durante os reparos. “Com a setorização, em caso de ocorrência de vazamento é possível isolar apenas uma pequena região afetada, sem a necessidade de suspender o fornecimento de água a todos os condôminos”, explicou o superintendente da Sanebavi, Jaderson Spina.
Spina destacou que o objetivo fundamental nesse trabalho é promover a diminuição das perdas de água tratada. “A redução de perdas é nossa prioridade, uma vez que município de Vinhedo apresenta um índice de perdas reais de aproximadamente 30%. Isso corresponde ao volume de água que não é consumido por ser perdido em vazamentos no percurso da ETA (Estação de Tratamento de Água) até os imóveis. Estamos trabalhando em diversas frentes para minimizar esse percentual e a implantação do Setor Marambaia vai contribuir muito para nos aproximar desse objetivo”, disse.
O superintendente reforçou a importância da preservação. “Como todos sabem, a preservação da água é fundamental, visto que a cada ano esse bem tão valioso tem se tornado mais escasso e ações como a setorização, que visa o combate às perdas, são essenciais e urgentes para o município”, disse Spina.
A reunião contou com a participação do síndico e do engenheiro do condomínio, Nilson Costa Peres Júnior e Luiz Carlos Mathion, do superintendente da Sanebavi, da engenheira da autarquia Adriana Correa, além dos representantes da empresa contratada para o trabalho, engenheiros Guilherme Palaro e Thais Foffano.
As obras de implementação do Setor Marambaia estão previstas para serem concluídas em 12 meses e serão executadas com recursos do Fundo Estadual de Recursos Hídricos (Fehidro), no valor de R$ 1.942.723,09 com contrapartida de R$ 453.237,29 da Sanebavi.