Terceira estação de tratamento de água de Vinhedo continua recebendo instalação de equipamentos

Sanebavi busca fontes alternativas de água para complementar o abastecimento em Vinhedo
15 de março de 2018
Sanebavi aguarda liberação da CETESB para iniciar obras no sistema de distribuição de água e combate às perdas
15 de março de 2018

Já na reta final dos trabalhos de construção da terceira estação de tratamento de água de Vinhedo dentro do condomínio São Joaquim, continua em execução a instalação de equipamentos e ajustes das estruturas.

 

O tanque de captação de água bruta está recebendo as estruturas de proteção, conhecida como guarda corpo e nos dois módulos de tratamento foi instalado as comportas. Parte da área foi aterrada para deixar o terreno nivelado. Também estão em construção a subestação de energia elétrica e a portaria.

 

“Com as obras civis praticamente finalizadas, nós estamos fazendo os ajustes necessários e instalando os equipamentos para que a estação entre em funcionamento”, afirma o Superintendente da Sanebavi, Odair Seraphim, o Canjica. 

 

Depois de pronta, a ETA São Joaquim terá capacidade para tratar até 720 m³/h de água. A estação vai beneficiar também os bairros Altos do Morumbi, Vida Nova 1, Eldorado e Vila Savian que sofrem problemas de falta de pressão na rede. O abastecimento de água será feito com uma rede subadutora implantada ao longo da estrada da Capela.

 

“Com a ETA 3 nós vamos racionalizar energia elétrica já que não será mais necessário bombear a água coletada até a ETA 1 na Vila Planalto. A água será captada, tratada e depois enviada para os reservatórios da Estrada da Boiada para distribuição”, explica o Prefeito de Vinhedo, Jaime Cruz. 

 

A rede adutora com tubos de ferro fundido de 400 mm já está pronta. Ela foi instalada em uma extensão de 2,3 km entre o condomínio São Joaquim e os reservatórios da Boiada.

 

 

 

Tamanho da fonte
Contraste