Superintendente da Sanebavi se reúne com promotores da Gaema para tratar da poluição do rio Capivari

Trânsito na rua Alfredo Acchar será interditado neste final de semana para obras da Sanebavi
15 de março de 2018
Superintendente Danilo Ferraz acompanha obras de construção do laboratório da ETA III
15 de março de 2018

 

Na manhã desta terça-feira, 26, o superintendente da Sanebavi Danilo Ferraz esteve em reunião com os Promotores de Justiça do Gaema/PCJ- Campinas (Grupo de Atuação Especial de Defesa do Meio Ambiente),  dr. Rodrigo Sanches Garcia e dr. Geraldo Canbañas  para tratar da poluição no Rio Capivari. Na oportunidade aberta pelo Ministério Público (MP),  o superintendente apresentou os investimentos em saneamento realizados em Vinhedo e relatou as dificuldades enfrentadas pelo município para manter a qualidade do abastecimento devido ao despejo de esgoto não tratado, por parte de Louveira, no Rio Capivari, principal fonte de captação de água da cidade.

 

 

“Levamos a situação ao conhecimento do MP e com o apoio do Gaema, que atua diretamente nas questões ambientais regionais, demos um importante passo para que a qualidade do Capivari seja restabelecida. O órgão vai cobrar a implantação de medidas para coibir ações poluidoras em toda a calha do rio Capivari”, afirma Danilo Ferraz.

 

 

O principal objetivo do Ministério Público, que instaurou inquérito para  identificar crimes ambientais e de poluição do Rio Capivari,  é encurtar os prazos para a implantação de políticas públicas de saneamento e recursos hídricos nos municípios “A ideia desse trabalho é detectar os principais pontos de poluição do referido corpo d´ água e avaliar os planos municipais de saneamento para que as metas sejam cumpridas em tempo menor do que o previsto,  contribuindo assim para a diminuição da poluição em toda extensão do Capivari. Também estamos propondo uma aproximação entre as cidades para que se auxiliem mutuamente e desenvolvam um trabalho conjunto no sentido de melhorar a qualidade da água desse importante manancial”, afirma o promotor, dr. Rodrigo Sanches Garcia.

 

 

Dentro desta proposta foi criado um grupo de trabalho composto por representantes das três cidades (Vinhedo, Louveira e Campinas), que irá se  reunir mensalmente para a elaboração de ações a serem desenvolvidas nos municípios. O grupo vai promover discussões e realizar  análise das  prioridades em cada cidade, assim como analisar as dificuldades e  auxiliar no processo de captação de recursos estaduais e federais para a serem investidas em saneamento, obtenção de licenças ambientais, entre outros assuntos pertinentes as questões hídricas e de saneamento básico.

 

 

A reunião aconteceu no Centro de Conhecimentos das Águas, em Campinas,  e reuniu representantes das cidades de Vinhedo, Louveira e Campinas, da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (CETESB); da Secretaria de Saneamento e Recursos Hídricos do Estado, do Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE); do Consórcio PCJ,  Agência de Bacias PCJ e da  Agência Reguladora dos Serviços de Saneamento (ARES PCJ).

Tamanho da fonte
Contraste