Sanebavi prossegue com as intervenções para implantação de macromedidores

Aquífero Guarani
15 de março de 2018
C
15 de março de 2018

 

Os trabalhos de redução do diâmetro da rede de água para implantação dos aparelhos macromedidores continuam sendo executados pela Saneamento Básico Vinhedo (Sanebavi) nos reservatórios da cidade.

 

A intervenção é necessária para deixar a rede pronta para receber os macromedidores que vão aferir a vazão de água que sai dos reservatórios para cada setor de abastecimento.

 

Nesta semana a redução do diâmetro da rede em 4 metros acontece nas dependências da estação de tratamento de água, a ETA 1, na Vila Planalto, no centro. Esse trecho reduzido vai se tornar uma faixa referencial para o aparelho realizar medição da vazão máxima e mínima do reservatório.

 

“Nos últimos anos estamos realizando uma série de ações como a troca de hidrômetros com mais de cinco anos de uso, instalação de novas redes e o combate às fraudes, para evitar o desperdício de água tratada no município. A instalação dos macromedidores vem reforçar essas iniciativas que estão trazendo resultados positivos, como a redução do índice de perdas de 47% em 2005, para cerca 30% em 2012”, afirma o prefeito de Vinhedo, Milton Serafim.

 

Desde que o serviço começou a ser feito, 24 equipamentos foram instalados em onze pontos de distribuição diferentes do município. Reservatórios Mirante das Estrelas, João XXIII, Nova Vinhedo, Marambaia, Estrada da Boiada, Alpes, Florido, DuoFlex, Vila Hípica II, ETA 2 e Vista Alegre.  Nesses locais os macromedidores funcionam em fase de testes.  

 

“Com a cidade dividida em setores de abastecimento, a Sanebavi terá um controle maior sobre a distribuição da água e poderá estabelecer prioridades de investimentos e planejar ações para cada uma das regiões da cidade”, afirma o Superintendente da Sanebavi, Odair Seraphim, o Canjica.

 

 

Tamanho da fonte
Contraste