Sanebavi investe em frota para garantir mais agilidade nos serviços prestados

Investimento em frota
Construção das Estações de Tratamento de Lodo
 
Garantir agilidade na prestação de serviços à população e melhores condições aos funcionários são os objetivos da Sanebavi (Saneamento Básico Vinhedo), autarquia responsável pelos serviços de água e esgoto no município, e por esta razão foi realizado investimento para aquisição dos veículos.  Na última terça-feira, dia 7, o Prefeito Municipal Milton Serafim, o superintendente da Sanebavi Odair Seraphim (Canjica), o presidente da Câmara Adriano Corazzari, e os vereadores: Márcio Melle, Izael Viel, Donizete Lopes, Ana Genezini e Rubens Nunes visitaram o setor de obras e manutenção e puderam observar os novos veículos da autarquia, que a partir desta quarta-feira entrarão em uso.
“São investimentos importantes para continuar a prestação de serviços com qualidade e agilidade ao cidadão vinhedense”, afirma o Prefeito Milton Serafim.
De acordo com o superintendente, Canjica, era necessário adquirir mais automóveis e caminhões para as equipes do setor de obras e manutenção, isso se tornou possível com a redução de gastos. “Temos que progredir e melhorar as condições de trabalho para garantirmos mais agilidade para a execução dos serviços, assim, conseguimos aumentar a frota em mais 11 veículos: são três automóveis de modelo Gol, quatro caminhonetes de cabine dupla, duas caminhonetes de cabine simples, um caminhão basculante e um Hidrojato (que se encontra em processo de montagem do equipamento de hidrojato e sucção a vácuo). Além disso, também procuramos valorizar a manutenção periódica que é realizada em toda frota. Os veículos são nosso objeto de trabalho, por isso, a importância do investimento”, disse Canjica.
Desde o início da atual gestão a autarquia investiu em quatro automóveis de modelo Gol, duas Kombi e uma retro escavadeira. As duas retro escavadeiras antigas, passaram por manutenções gerais desde a parte mecânica, pintura e estofado.
O valor do investimento atual dos novos veículos foi acima de um milhão de reais.