Sanebavi inicia obras de implantação da nova adutora na Estrada da Boiada

Sanebavi entrega ampliação da ETE Capivari neste sábado, 18

Além do combate às perdas de água,  a nova rede vai aumentar em quatro vezes a  capacidade de vazão

 

A Sanebavi (Saneamento Básico Vinhedo) deu início às obras de implantação da nova rede adutora na Estrada da Boiada,  no trecho compreendido entre o reservatório da Boiada e o reservatório do Vista Alegre,  numa extensão de aproximadamente  4 mil metros.  A substituição da adutora faz parte do Programa de Redução de Perdas que visa eliminar o desperdício de água tratada decorrente de vazamentos nos sistemas.  A obra  está sendo executada a partir de recursos da Fehidro (Fundo Estadual de Recursos Hídricos), na ordem de  4  milhões,  com contrapartida do município de Vinhedo.

 

Atualmente, a Boiada possui  duas adutoras, que juntas têm capacidade de vazão total de 84,8 litros por segundo, atendendo uma população de pouco mais de 20 mil habitantes.  Já o novo sistema tem capacidade de vazão prevista para  341 litros por segundo,  quatro vezes maior que a atual, ampliando a capacidade de atendimento para uma população de mais de 82 mil habitantes.

 

A nova adutora foi dimensionada para atender  satisfatoriamente a demanda do município, para isso foi realizado estudos de vazões para as áreas atendidas por este sistema para que possa suprir as necessidades da atual população de Vinhedo e da demanda futura, face ao crescimento demográfico do município.

 

A autarquia ressalta que o desgaste das redes tem ocasionado  perdas de água tratada e frequentes manutenções. Os tubos são muito antigos, com cerca de 30 anos desde a sua implantação, dez a mais que o recomendado. Isso tem ocasionado constantes rompimentos da tubulação, rachaduras e  elevada taxa de perda por vazamentos, além do fato de serem em fibrocimento amianto, que a produção foi extinta há anos por Lei Federal.

 

Diante disso, para a realização da nova adutora, a  Sanebavi vai utilizar tubos e conexões de ferro fundido dúctil,  muito mais resistentes e com maior durabilidade. A troca da tubulação tem como ponto inicial o novo reservatório circular com capacidade para 2 milhões de água tratada e será interligada também ao reservatório de 1 milhão de litros que integra o sistema da Boiada. A rede se estenderá pelo leito da Estrada da Boiada, intercalando ambas as pistas, até o ponto final, no reservatório da Vista Alegre.

 

“O objetivo primordial desta obra é ampliar a capacidade de vazão de água tratada aos bairros do município e reduzir ao mínimo as perdas decorrentes de vazamentos na rede ao longo deste trecho”, afirma Danilo Ferraz.

 

Combate às perdas

 

A Sanebavi, em função das metas a serem atingidas em seu Programa de Redução de Perdas, que integra o Plano Municipal de Saneamento, vem desencadeando uma série de obras necessárias à obtenção de melhores resultados. Exemplo deste trabalho é a substituição de mais de 1000 hidrômetros com mais de cinco anos de uso; implantação de macromedidores; adequação das zonas de pressão e  troca das redes de amianto por ferro fundido em diversos bairros.

 

Neste contexto, vale ressaltar o recente investimento feito no bairro Nova Vinhedo,  que teve a rede de distribuição adequada com a substituição da tubulação antiga por canos de ferro fundido em uma extensão de aproximadamente 6.174 metros, melhorando a distribuição de águas e os problemas com reparos e perdas. No mesmo bairro, a Sanebavi realizou a reforma do reservatório de água de 800 mil litros, que recebeu impermeabilização com manta asfáltica, adequações e pintura.