Sanebavi inicia na próxima semana pesquisa sociofamiliar nos bairros beneficiados com recursos do PAC

Montagem do domo de alumí­nio do novo reservatório de 2 milhões de litros
15 de março de 2018
Trabalhos de interligação entre os reservatórios da Estrada da Boiada
15 de março de 2018

 

A Sanebavi (Saneamento Básico Vinhedo) inicia na próxima semana, a partir do dia 19, o trabalho de pesquisa sociofamiliar nos bairros beneficiados com obras de abastecimento de água e esgotamento sanitário com recursos do PAC 2 (Programa de Aceleração do Crescimento), que somam recursos na faixa de R$ 27 milhões.

 

A pesquisa será realizada até o mês de fevereiro e é pré-requisito do diagnóstico socioterritorial para os empreendimentos que serão realizados nesses bairros.   A equipe de assistência social da Sanebavi realizará as entrevistas das 8h às 13h30 e todos os profissionais estarão identificados com colete e crachá da empresa.

 

“O questionário é bem simples, e possui perguntas, por exemplo, sobre a composição familiar, grau de escolaridade, situação habitacional e infraestrutura do bairro. São perguntas objetivas que levam cerca de cinco minutos para serem respondidas. Por isso, é fundamental que todos os moradores visitados respondam aos questionamentos que nos darão informações importantes para traçar um perfil social daquela região que será beneficiada com os recursos do PAC”, afirma o Superintendente da Sanebavi, Odair Seraphim, o Canjica.

 

Além das pesquisas de campo que serão realizadas, os moradores dessas áreas também poderão encaminhar sugestões à Sanebavi por meio do site www.sanebavi.com.br, no link fale conosco.

 

Contribuições para o desenvolvimento de trabalhos sociais também foram recebidas durante as audiências públicas realizadas pela Sanebavi para apresentação dos impactos e benefícios das obras para os moradores das regiões beneficiadas.

 

“Além de proporcionarmos uma melhoria da qualidade de vida dessa população, esses investimentos serão positivos para atrair novas empresas para o município, contribuindo para a geração de empregos e renda em Vinhedo”, afirma o prefeito Jaime Cruz.

 

Detalhes do investimento 

 

Os recursos na faixa de R$ 27 milhões liberados após a assinatura de convênio com a Caixa serão aplicados na implantação de 19 km da rede coletora de esgoto doméstico do Distrito Industrial, na construção de estações elevatórias e emissários de esgoto para os bairros Altos do Morumbi, Colinas de São Diego, Vila Fontaine e São Joaquim, além da ampliação da estação de tratamento de água do Jardim Santa Cândida (ETA 2) e da expansão da rede de distribuição para o Distrito Industrial que será abastecido pela ETA 3 em construção no São Joaquim.  

 

O projeto de esgotamento sanitário doméstico para o Distrito Industrial atende uma exigência da CETESB (Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental) que vem cobrando das empresas instaladas o tratamento do esgoto.

 

 

Tamanho da fonte
Contraste