Sanebavi inicia leitura e impressão simultânea da conta de água

Superintendente da Sanebavi acompanha obras de ampliação da ETE Capivari
15 de março de 2018
Prefeitura, Sanebavi, Câmara e Sindicato reúnem-se para nova rodada de negociações
15 de março de 2018

O processo de leitura e impressão simultânea do novo modelo da conta de água começou a a ser feito a partir desta sexta-feira, 10, para os moradores de Vinhedo.

 

No primeiro dia do roteiro de leitura, a Saneamento Básico Vinhedo (Sanebavi) fez a aferição de consumo de água dos bairros Jardim Primavera, Jardim Flora, Nova Canudos, Jardim Alba, Jardim Brasil, Aquários, Barra Funda e Centro.

 

Todo o processo poderá, a partir de agora, ser acompanhado de perto pelo morador que vai receber na hora o novo modelo da conta com dimensões 104 mm x 234 mm.

 

Nos condomínios a conta será deixada preferencialmente na caixa de correios, e na ausência, debaixo da porta.

 

“A fatura terá as mesmas informações e os critérios de cálculo da conta atual. Os procedimentos para o pagamento permanecem inalterados. A data de vencimento continua a mesma, ou seja, nós faremos a leitura referente ao consumo do mês de abril, com data de vencimento em junho”, explica o Superintendente da Sanebavi, Odair Seraphim, o Canjica.

 

Para implementar a nova tecnologia, a Sanebavi fez uma readequação no roteiro de leitura para agilizar a leitura, impressão e entrega da fatura em cada residência ou comércio. Um comunicado sobre a implantação do novo sistema de leitura foi enviado para cada consumidor de Vinhedo no mês de abril.

 

Com um visual mais moderno, a conta de água terá a marca d’água da Sanebavi no papel e o campo histórico de leitura e consumo será ampliado, de seis para 12 meses. Outra mudança realizada é a informação sobre a qualidade da água distribuída. Os dados serão separados por setor de abastecimento.

 

“Com esse novo sistema, eventuais vazamentos na rede, que aumentam o consumo e o valor da conta, serão identificados na hora permitindo a correção do problema com mais agilidade. Este investimento tecnológico soma-se ao SIM VINHEDO DIGITAL, projeto que cria soluções tecnológicas para facilitar o acesso dos vinhedenses aos serviços da Prefeitura, com rapidez e utilizando-se da tecnologia da informação”, afirma o prefeito de Vinhedo, Milton Serafim.

 

O uso desse novo sistema é o início de um grande projeto que está vinculado ao controle de perdas do município. Macromedidores estão sendo instalados nos 36 reservatórios da cidade para comparar a quantidade de água distribuída com a quantidade efetivamente consumida.

 

No total serão dez macrozonas, divididas em 30 setores diferentes de abastecimento. Tudo
interligado ao sistema de informações da Sanebavi que terá um acompanhamento em tempo real do nível de cada reservatório da cidade.

 

 

Tamanho da fonte
Contraste