Prefeito Milton Serafim confere o novo sistema de supervisão e controle do abastecimento de água de Vinhedo

Prefeito e Superintendente da Sanebavi acompanham trabalhos de interligação da rede adutora da ETA 1
15 de março de 2018
Desassoreamento da Represa I é concluído
15 de março de 2018

Acompanhado do Superintendente da Sanebavi, Odair Seraphim, o Canjica, o Prefeito de Vinhedo, Milton Serafim visitou a estação de tratamento de água da Vila Planalto, a ETA 1, e conferiu o novo sistema de monitoramento da distribuição de água implantado pela Sanebavi nas duas estações de tratamento de Vinhedo.

 

“Com esse novo sistema é possível ter uma visão geral de todo o sistema de distribuição em Vinhedo, o que permite ações mais rápidas para evitar que os reservatórios fiquem secos ou extravasem. Também será mais fácil identificar os setores que mais consomem água por mês e a partir daí, poderemos realizar ações específicas para atender a demanda de cada região”, afirma o prefeito de Vinhedo, Milton Serafim.

 

O novo software, ainda em fase de testes, permite o acompanhamento em tempo real, 24 horas por dia, das vazões dos macromedidores e do nível de água dos reservatórios do município. Todo o monitoramento é feito por uma única tela de computador nos Centros de Controle Operacional (CCO) das Estações de Tratamento de Água do Jardim Planalto (ETA 1) e Santa Cândida (ETA 2).

 

As vazões de água e o controle de nível de cada reservatório são controlados pelos aparelhos macromedidores e sensores de nível de cada reservatório e repassados à CCO, via rádio, por meio dos painéis de automatização instalados em pontos estratégicos do município.

 

“Com a nova tecnologia  foram criadas em Vinhedo dez macrozonas, divididas em 30 setores diferentes de abastecimento. Com a cidade divida em setores de abastecimento também haverá um controle maior sobre a vazão mínima noturna que ajudará na identificação de problemas que provocam a perda de água, intensificando o programa de controle de perdas do município que já conseguiu reduzir o índice de 47%, em 2005 para 30%, em 2012”, afirma o Superintendente da Sanebavi, Odair Seraphim, o Canjica.

 

Tamanho da fonte
Contraste