Prefeito Jaime Cruz apresenta a vereadores obras e ações do Plano de Abastecimento de água de Vinhedo

Sanebavi busca fontes alternativas de água para complementar o abastecimento em Vinhedo
15 de março de 2018
Sanebavi aguarda liberação da CETESB para iniciar obras no sistema de distribuição de água e combate às perdas
15 de março de 2018

O prefeito Jaime Cruz convidou todos os 15 vereadores da Câmara Municipal de Vinhedo e na manhã de sexta-feira, ao lado do superintendente da Sanebavi, Odair Seraphim – Canjica, visitaram as estações atuais de tratamento de água e as obras em andamento na área de saneamento básico na cidade, especialmente as relacionadas com o Plano de Abastecimento de Água, em destaque o reservatório de 2 milhões de litros de água, em construção na Estrada da Boiada, próximo ao Parque Municipal Jayme Ferragut, o da Festa da Uva, e a 3ª Estação de Tratamento de Água da cidade, no São Joaquim, que irão possibilitar a ampliação da capacidade de captação e tratamento de água na cidade e, consequentemente, maior distribuição à população. Os secretários de Habitação, Márcio Campos – Balu, de Serviços Municipais, Geraldo Fróes – Cidinho, de Governo, Eliazar Ceccon, e representando o Meio Ambiente e Urbanismo, o diretor Eduardo Galasso, também acompanham o prefeito. De todos os vereadores da Câmara convidados, estiveram presentes o presidente Rubens Nunes, a vereadora Ana Genezini, e os vereadores Paulinho Palmeira, Nil Ramos, Márcio Mele, Bacural, Alexandre Viola e Val Souza.

 

“Na última quarta-feira, recebemos no gabinete os vereadores da Câmara Municipal e explicamos, com detalhes, todo o processo de captação, tratamento, perdas, distribuição e armazenamento de água nos reservatórios da nossa cidade. Ainda, comentamos sobre as ações que tivemos que tomar, por conta da suspensão da captação do Rio Capivari, e o início do rodízio de fornecimento em nossa cidade. Sabemos o quanto a água é importante para todos e, por isso, temos várias obras em andamento que compõem o nosso Plano de Abastecimento de água da nossa Vinhedo. Aliás, na região, fomos uma das primeiras cidades a iniciar o racionamento no ano passado e uma das raras com tantas obras em andamento como etapa contínua do nosso planejamento neste setor. Por isso é que posso afirmar que não temos colapso no nosso sistema de abastecimento. Já estamos captando de represas e lagoas particulares, como ação do decreto que firmamos na semana passada, e assim trabalhando e caminhando para que o povo de Vinhedo tenha água, sempre de qualidade, em suas torneiras. Mas tudo isso depende, e muito, das chuvas, que esperamos que venham nos próximos dias”, comentou o prefeito Jaime Cruz.

 

O primeiro ponto de parada foi na Estação de Tratamento de Água da Vila Planalto, a ETA 1. Além de conhecer as etapas de tratamento da água, os vereadores também conferiram o funcionamento do sistema de controle e monitoramento em tempo real do nível dos 36 reservatórios do município e constataram que apesar da situação crítica em relação à escassez de água que atinge todo o Estado de São Paulo, todos os bairros de Vinhedo, inclusive a Capela, estão sendo abastecidos pela Sanebavi. Durante essa visita várias dúvidas foram esclarecidas pelo coordenador das ETAs da autarquia.

 

“Sabemos a situação que afeta mais de 50 cidades do nosso Estado e a nossa região, no que se refere a falta de chuvas. Por outro lado, temos acompanhado os esforços da atual administração em trabalhar para enfrentar essa questão em Vinhedo. É muito importante este acompanhamento e o conhecimento das obras em andamento na cidade. É um momento de unirmos as forças, Executivo e Legislativo, em prol da população da nossa cidade. Temos estabelecido, com o Executivo, uma administração séria e, por isso, mesmo com a falta de chuvas, é importante afirmar que o sistema de distribuição de água em Vinhedo não está em colapso”, afirmou o presidente da Câmara de Vinhedo, vereador Rubens Nunes.

 

Ainda na ETA 1, o Superintendente da Sanebavi, Odair Seraphim, o Canjica, mostrou o andamento das obras de construção do novo prédio do departamento operacional da autarquia que  vai proporcionar bem estar e conforto para todos os funcionários do departamento operacional.

 “A nova estrutura do setor operacional será construída em duas etapas: a primeira prevê a construção da ala administrativa e dos vestiários masculino e feminino, com sete chuveiros, mictórios, cinco vasos sanitários, sendo um adaptado para deficientes físicos e espaço para a instalação de armários, a construção da cozinha e despensa e do refeitório com uma área cinco vezes maior que o espaço atual. Na segunda etapa, no piso superior, será construída a ala para o departamento de hidrometria, controle de perdas e os laboratórios físico-químico e bacteriológico para análise da água”, comentou Canjica.

 

“É muito bom ver a administração continuando com os investimentos em nossa cidade, especialmente na questão da captação, tratamento, distribuição e armazenamento de água. Pudemos presenciar, nesta manhã, diversas obras em andamento, com adequações, melhorias e expansões, tanto na área de tratamento de água como esgoto. Vinhedo está fazendo a lição de casa. É uma pena que outras cidades não fazem e acabam trazendo prejuízos como, por exemplo, poluindo rios que são utilizados para captação de água”, comentou o vereador Paulinho Palmeira.

 

Após a saída da ETA 1, a comitiva seguiu para o município de Louveira onde existe o ponto de captação de água bruta no rio Capivari. Apesar de a captação estar suspensa em virtude da concentração de poluentes, foi possível constatar in loco os motivos que levaram à suspensão de captação no Capivari. 

 

“Estas obras vêm ao encontro da população de Vinhedo. É uma demonstração de como deve ser gerenciado o dinheiro público em obras de qualidade e que, de fato, trazem benefícios para a população da nossa cidade”, afirmou o vereador Márcio Melle.

 

Na sequência, a visitação ocorreu no canteiro de obras da terceira estação de tratamento de água que está em construção dentro do condomínio São Joaquim. Com previsão de conclusão das obras em março do ano que vem, foi possível ver a evolução das obras que será importante para que Vinhedo aumente a oferta de água para a população. Depois de finalizada, a ETA 3, terá condições de tratara até 720 m³/h, já que a Sanebavi poderá utilizar a outorga máxima de captação junto ao Capivari que é de 685 m³/h. 

 

“Eu tinha assinado o requerimento para que o superintendente da Sanebavi pudesse comparecer à Câmara mas, confesso, não tinha conhecimento ainda de todas estas obras e o alcance delas. Então, agora, não vejo sentido para aprovar o requerimento já que está claro a importância destas obras e a ações em andamento e projetos futuros preparados pela Prefeitura e a Sanebavi, que pude presenciar nesta visita”, comentou o vereador Bacural.

 

Toda a água tratada na ETA 3 vai ser enviada para os reservatórios da Estrada da Boiada por uma rede adutora com tubos de ferro fundido de 400 mm que já foi instalada entre os dois pontos em uma extensão de 2,3 km.

 

“A visita de hoje nos permitiu verificar e fiscalizar, in loco, todas as obras e investimentos que estão sendo conduzidos pela Sanebavi, no sentido de propiciar um abastecimento de água com ainda mais qualidade para a população de Vinhedo”, afirmou a vereadora Ana Genezini.

 

E para reservar essa água, já está em construção na estrada da Boiada, o reservatório com capacidade para dois milhões de litros de água tratada. Durante a visita, foi possível verificar os chumbadores do reservatório já afixados na estrutura para que os módulos possam ser montados após a concretagem da base do reservatório.  O novo reservatório terá estrutura lateral costado a partir de chapas de aço vitrificado por processo de aparafusamento, teto em domo de alumínio e diâmetro interno de 22,6 metros.

 

“Na quarta-feira, acompanhamos uma apresentação completa como prefeito Jaime e o superintendente da Sanebavi, o Canjica, a respeito do Plano Municipal de Abastecimento de água na cidade. Já naquele dia, tivemos explicações detalhadas, com números e gráficos, da situação atual, das obras em andamento e do planejamento para o futuro. E hoje, nesta visita, pudemos acompanhar de perto como estão estas importantes obras que, com certeza, trarão ainda mais qualidade à agua de Vinhedo e tranquilidade para a população, em termos de captação, tratamento, distribuição e armazenamento de água. Ficamos muito satisfeitos com esta transparência e explicações do poder Executivo”, comentou o vereador Nil Ramos.

 

Também fez parte do roteiro de visita às obras de saneamento a ETE Capivari que está em fase final de ampliação e após o inicio da operação do segundo módulo em dezembro deste ano, vai beneficiar cerca de 15 mil pessoas que vivem ou trabalham na região.

 

“São várias obras em andamento, que a Prefeitura já tinha planejado e iniciado muito antes do início da crise hídrica no Estado. E pudemos comprovar, hoje, na visita às obras, como a cidade pode ficar tranquila com as ações que já estão em andamento e outras projetadas para o futuro. O prefeito Jaime Cruz pode ter a certeza de que nós, vereadores, que hoje estivemos juntos, assim como na 4ª feira, no Gabinete, temos o interesse de unir esforços para enfrentar este momento e continuar no trilho do desenvolvimento sustentável da nossa cidade”, afirmou o vereador Alexandre Viola.

 

Tamanho da fonte
Contraste