Plano Municipal de Saneamento volta a ser discutido em Audiência Pública

Audiência Pública discute Plano Municipal de Saneamento Básico
15 de março de 2018
Prosseguem as obras de construção da ETA 3
15 de março de 2018

A segunda audiência pública que discute a elaboração do Plano Municipal de Saneamento Básico de Vinhedo acontece nesta terça-feira, dia 11, às 19h no Ceprovi (Centro de Educação Profissional de Vinhedo) situado à Avenida Independência, 5407, Jardim Alba.

 

Estão convidados a participar, entidades representativas da sociedade, autoridades e cidadãos que queiram contribuir para a elaboração final do documento.  Na última terça-feira, dia 4, sugestões foram apresentadas e serão estudadas para serem incluídas ao plano.

 

Após essa etapa, o Plano Municipal de Saneamento Básico será encaminhado para o Ministério Público e a Câmara Municipal para que as duas instituições também apresentem sugestões ao plano, que vai nortear o trabalho dos governantes de Vinhedo nos próximos anos.

 

Por exigência legal, os municípios precisam elaborar planos para os quatro serviços que compõem o saneamento ambiental: abastecimento de água, esgotamento sanitário, limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos, drenagem e manejo de águas pluviais.

 

Os planos que precisam ser revistos a cada quatro anos, devem contemplar diagnósticos com análises e propostas concretas, definindo prazos e investimentos para universalizar o acesso aos serviços de saneamento.

 

O Plano Municipal de Saneamento Básico de Vinhedo foi elaborado por um Comitê Executivo, composto por integrantes da autarquia Sanebavi e das Secretarias Municipais de Serviços, Obras, Meio Ambiente e Urbanismo e Defesa Civil.

 

O Plano

 

O Plano Municipal de Saneamento Básico de Vinhedo prevê uma série de ações para aprimorar a prestação de serviços de água, esgoto, coleta de lixo e drenagem urbana para as próximas décadas, dentre elas destacam-se:

 

– Ampliação do Programa de Coleta Seletiva para todo o município;
– Campanhas  de conscientização da população sobre coleta seletiva;
– Campanha educativa para reduzir a geração de lixo;
– Implantação de Ecopontos pelo município;
– Criação do Parque Eco Industrial em parceria com a iniciativa privada, viabilizando a destinação ecologicamente correta de resíduos, assim como política de reciclagem de resíduos da construção civil.

 

 

Tamanho da fonte
Contraste