Operadores de ETAs e ETEs recebem treinamento para Manuseio de Cilindros de Cloro

Sanebavi realiza limpeza dos reservatórios na ETA II e Vila Hí­pica no próximo dia 26
15 de março de 2018
Obras de pavimentação continuam no Distrito Industrial
15 de março de 2018

Os funcionários da Sanebavi (Saneamento Básico Vinhedo) que trabalham nas ETAs – Estação de Tratamento de Água e nas ETEs – Estação de Tratamento de Esgoto participaram do curso de “Treinamento de Segurança para o Manuseio de Cilindros de Cloro” promovido pela autarquia  em parceria com a Hidromar – Indústria Química. Com duração de dois dias, o curso foi ministrado pelo Consultor e Coordenador Industrial da Hidromar, Carlos Ramos e contou a participação de 40 pessoas que atuam no setor.

 

“O objetivo desse treinamento foi atualizar os profissionais da Sanebavi que trabalham diariamente com o cloro, tanto no que diz respeito à segurança no manuseio, como em termos de uso correto e melhor aproveitamento e economia do produto, e também proporcionar aos operadores informações sobre o atendimento em casos de acidentes”, destacou o Superintendente da Sanebavi, Danilo Ferraz .

 

As aulas foram divididas em duas partes, teórica e prática, e os participantes receberam instruções sobre temas diversos, como as formas de utilização do cloro; segurança e treinamento; informações toxicológicas; movimentação e manuseio; armazenagem e  transporte do produto; medidas de emergência; aspectos médicos e primeiros socorros e utilização correta e racional do cloro.

 

Finalizando o curso, os participantes se dirigiram até a ETE Pinheirinho onde tiveram uma aula prática sobre o manuseio correto dos cilindros e os procedimentos que devem ser obedecidos em casos de vazamento e mesmo o contato direto com o produto.

 

“Esta não foi a primeira vez que participamos desse tipo de treinamento mas é sempre bom relembrarmos os procedimentos, e melhor ainda, é sabermos que nossas equipes já cumprem todos os  requisitos de segurança apontados no curso”, afirmou a Técnica de ETA, Juliana Caniato.

 

Cloro – Agente bactericida, o cloro é adicionado ao tratamento da água com o objetivo de eliminar bactérias e outros micro-organismos que podem estar presentes na água. A água distribuída à população deve conter, de acordo com a Portaria 518/04 do Ministério da Saúde, uma concentração mínima de 0,2 mg/l (miligramas por litro) de cloro residual, padrão que é observado rigorosamente pela Sanebavi e controlado por meio das diversas análises feitas nos laboratórios da autarquia.

 
Tamanho da fonte
Contraste