Obras de construção da ETA 3 prosseguem no São Joaquim

Prefeito Jaime Cruz assina convênio que libera R$ 27 milhões para investimentos em saneamento
15 de março de 2018
Construção do reservatório de 2 milhões de litros de água tratada
15 de março de 2018

As obras de construção da terceira estação de tratamento de água de Vinhedo continuam em andamento dentro do condomínio São Joaquim com a instalação de equipamentos e concretagem das estruturas.

 

Após a instalação de bombas na estação elevatória de água tratada e de escadas em fibra no tanque de água bruta, já começaram os trabalhos para construir a subestação de energia elétrica e as escadas de concreto armado nos dois módulos de tratamento da estação. 

 

“Agora, entramos em uma fase de conclusão das obras civis e de instalação dos demais equipamentos que são necessários para colocar a estação em funcionamento até o final do ano. Com ela, nós teremos condições de utilizar a outorga máxima de captação no rio Capivari”, afirma o Superintendente da Sanebavi, Odair Seraphim, o Canjica. 

 

Depois de pronta, a ETA São Joaquim terá capacidade para tratar até 720 m³/h de água. A estação vai beneficiar também os bairros Altos do Morumbi, Vida Nova 1, Eldorado e Vila Savian que sofrem problemas de falta de pressão na rede. O abastecimento de água será feito com uma rede subadutora que está sendo implantada ao longo da estrada da Capela.

 

“A ETA 3 vai racionalizar energia elétrica já que não será mais necessário bombear a água coletada até a ETA 1 na Vila Planalto. A água será captada, tratada e depois enviada para os reservatórios da Estrada da Boiada para distribuição”, explica o Prefeito de Vinhedo, Jaime Cruz. 

 

A rede adutora com tubos de ferro fundido de 400 mm já está pronta. Ela foi instalada em uma extensão de 2,3 km entre o condomínio São Joaquim e os reservatórios da Boiada.

 

Outros investimentos

 

A construção da ETA 3 soma-se a outros investimentos  que a Sanebavi começará a fazer até o final do ano após a assinatura de contrato na faixa de R$ 27 milhões que serão investidos na implantação da rede de água e esgoto para o Distrito Industrial, rede de esgoto e estação elevatória para os bairros Altos do Morumbi, Colinas de San Diego e Vila Fontaine, além da ampliação da ETA 2, no Jardim Santa Cândida.

 

Outros R$ 2,6 milhões em recursos oriundos do FEHIDRO (Fundo Estadual de Recursos Hídricos) serão utilizados para a implantação do serviço de pesquisa e detecção de vazamentos não visíveis em todo o município e na substituição da rede em cimento amianto para tubos de PVC e de ferro fundido em uma extensão de 6.174 metros, na Nova Vinhedo.

 

A Sanebavi também está construindo um novo reservatório na Estrada da Boiada com capacidade para dois milhões de litros de água tratada para atender cerca de 20 bairros de Vinhedo.

 

 

Tamanho da fonte
Contraste