Obras da Sanebavi vão contribuir para o desenvolvimento de Vinhedo em 2013

ETE Capivari tem base do segundo tanque concretada
15 de março de 2018
Sanebavi realiza interligação de rede na Vila Pompeia
15 de março de 2018

As ações desenvolvidas em Vinhedo nos último anos para promover a recuperação e preservação ambiental vão ganhar um reforço em 2013 com a conclusão de três importantes obras no setor de água e esgoto, realizadas pela Saneamento Básico Vinhedo (Sanebavi).

 

Desde o ano passado estão em andamento a ampliação da ETE Capivari e a construção da ETA 3, no São Joaquim e das estações de tratamento de lodo no Jardim Planalto e Santa Cândida.
 

 

“São investimentos importantes que vão ajudar na preservação do meio ambiente melhorando a saúde pública para as futuras gerações do município”, afirma o Superintendente da Sanebavi, Odair Seraphim, o Canjica.
 

 

Investimentos que já vem dando resultados. O prefeito de Vinhedo, Milton Serafim, faz questão de ressaltar os índices positivos que comprovam a eficiência administrativa na área de saneamento e ambiental.
 

 

 “No ano passado, Vinhedo conquistou pelo quarto ano consecutivo, e pela segunda vez com a 1° colocação na Região Metropolitana de Campinas, o Certificado ‘Município Verde Azul’, concedido pelo Governo do Estado de São Paulo as cidades que desenvolveram em 2012 ações de destaque com a finalidade de promover a recuperação e preservação ambiental. Além disso, estamos entre as raras cidades do Brasil a ter 100% do esgoto coletado tratado. Tudo isso nos motiva ainda mais a investir no crescimento sustentável de Vinhedo”, complementa Milton.
 

 

Entre os quesitos avaliados pelo Governo do Estado para a concessão do Certificado estão o uso da água e o tratamento de esgoto.
 

 

Andamento das obras
 

 

ETE Capivari  – Inaugurada em 2011 a ETE Capivari permitiu ao município atingir o índice de 100% de esgoto coletado tratado. E para manter esse indicador nos próximos anos a ampliação da estação é fundamental. 

 

Com o segundo tanque de aeração concretado, as laterais do módulo já receberam as ferragens que vão dar sustentação às paredes.  Também estão em obras a construção do tanque de contato e do flotador.
 

 

A ampliação da ETE vai beneficiar o Distrito Industrial, Marambaia, São Joaquim e Sol Vinhedo, além do futuro crescimento da região da Capela.
 

 

Estações de tratamento de lodo – As estações de tratamento de lodo que vão funcionar na ETA 1, no Jardim Planalto, e na ETA 2, no Santa Cândida, já estão com as estruturas prontas. Nos dois locais ainda é necessário fazer a ligação dos equipamentos à tubulação da estação.
 

 

Após a inauguração das duas ETL’s parte da água eliminada do lodo no processo de desidratação deverá ser recirculada para a entrada da ETA para tratamento, minimizando o desperdício de água captada.  Já o lodo, desidratado, poderá ir para aterro sanitário adequado ou ser utilizado em cerâmicas na fabricação de tijolos.
 

 

 ETA 3 – O terreno da ETA São Joaquim já recebeu as estacas da fundação e parte da área começou a ser rebaixada até o nível necessário para a construção dos módulos. No lado externo da estação a instalação da rede adutora de água tratada também já está em andamento. 
 

 

Depois de pronta a ETA 3 terá capacidade para tratar 720m³/h, reduzindo a sobrecarga na ETA 1 que já trabalha acima da capacidade para atender aproximadamente 63% da população de Vinhedo.
 

 

Além de melhorar a qualidade da água distribuída, a ETA 3 vai racionalizar energia já que não será mais necessário bombear a água coletada até o sistema da ETA 1, no Jardim Planalto.
 

 

A água será captada, tratada e depois enviada para os reservatórios da Estrada da Boiada, aumentando a disponibilidade de água para o Distrito Industrial, além de atender às demandas futuras da população.
 

 

Tamanho da fonte
Contraste