Novo comunicado da Sanebavi reforça a importância do uso racional da água durante o perí­odo de estiagem

Prosseguem as obras de construção da estaço elevatória de esgoto no Marambaia
15 de março de 2018
Superintendente da Sanebavi acompanha mais uma etapa de concretagem das estruturas da ETA 3
15 de março de 2018

A Sanebavi (Saneamento Básico Vinhedo) inicia nesta sexta-feira, 06, a distribuição de um novo comunicado que reforça a importância do uso racional da água nos meses de estiagem que podem agravar a atual situação dos mananciais devido ao último período de chuvas ter sido atípico em todo o Estado de São Paulo.

 

O folheto que será entregue a todos os moradores de Vinhedo junto com a conta de consumo de água e esgoto mostra a situação crítica em que se encontra a represa I e solicita a contribuição da população para usar a água apenas para as necessidades básicas, como por exemplo, higiene pessoal e preparo de alimentos.

 

“Por enquanto, nós estamos conseguindo captar e tratar água para atender todo o município, mas isso não significa que a situação é de tranquilidade. O consumo de água que havia diminuído no começo do ano voltou a aumentar nos últimos três meses e com isso, o nível da represa I piorou. Por isso, é que nós contamos com todos os moradores para quem utilizem a água de forma correta para que ela não venha faltar”, afirma o Superintendente da Sanebavi, Odair Seraphim, o Canjica.

 

A represa I iniciou a semana com o nível de 2,10 metros, metade da sua capacidade normal. 

 

Para equalizar o sistema de distribuição e não deixar nenhum bairro sem água, a Sanebavi  vem desde o ano passado acompanhando em tempo real o nível de cada um dos 36 reservatórios do município e realizando manobras técnicas para garantir o abastecimento para todas as regiões. 

 

O desperdício de água também está sendo fiscalizado. Em casos pontuais de desperdício um fiscal é enviado ao endereço para orientar o morador sobre a necessidade do uso racional da água e os casos reincidentes ficarão sujeitos à aplicação de multa.

 

“É fundamental que todos entendam o momento crítico que todo o Estado de São Paulo está enfrentando pelo período atípico que tivemos durante o verão, sem chuvas, e que comprometeu os nossos níveis de reservação.  Cada um fazendo a sua parte, não desperdiçando água, é possível superar esse momento”, afirma o prefeito de Vinhedo, Jaime Cruz.

 

Uso Racional

 

Nesse período, a orientação é para que todos continuem utilizando a água apenas para as necessidades básicas (higiene pessoal, preparo de comida, lavagem de roupas e utensílios). 

 

A água não deve ser utilizada para lavagem de carros, calçadas, quintais e piscinas. Ações simples, adotadas no dia a dia contribuem para o uso racional da água:

 

– Mantenha a torneira fechada enquanto escova os dentes ou faz a barba. A economia pode chegar a 80 litros.

 

– Tome banhos rápidos de até cinco minutos

 

– Não utilize a descarga sem necessidade. São consumidos de seis a dez litros de água quando a descarga é acionada por 6 segundos.

 

– Só ligue a máquina de lavar louça ou roupa quando for usar toda a capacidade dela

 

– Feche a torneira enquanto esfrega a roupa no tanque

 

– Hidrômetro girando sem consumo de água é indício de vazamento

 

– Reutilize a água sempre que possível

 

 

 

Tamanho da fonte
Contraste