͍ndice de perdas de água em Vinhedo registra menor valor em agosto

Audiência Pública discute Plano Municipal de Saneamento Básico
Prosseguem as obras de construção da ETA 3

Vinhedo alcançou no mês de agosto a marca de 26% no índice de perdas de água tratada, o menor valor registrado pelo município desde que o combate ao desperdício começou a ser acompanhado na cidade.

Marca histórica que reflete os investimentos realizados pela Sanebavi (Saneamento Básico Vinhedo) nos últimos anos em equipamentos e tecnologia para preservar o recurso hídrico e que colocam o município próximo à meta de 25% estipulada pelo Comitê PCJ (Comitês das Bacias Hidrográficas dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí) aos municípios consorciados até o ano de 2020.

Só nos últimos dois anos, entre expansão e troca de rede, a Sanebavi instalou 46 km de novas tubulações, substituiu 13 mil hidrômetros com mais de cinco anos de uso e intensificou o combate às fraudes. Ações que fizeram o índice de perdas aferido pelo Sistema Nacional de Informação para o Saneamento (SNIS), do Ministério das Cidades, cair ano após ano.

Em 2005, o índice de perdas era superior a 47% e agora em 2012, está em 31%, indicando que o município está no caminho certo para evitar o desperdício de água e próximo de atingir a meta estipulada pelo Comitê PCJ.

E as ações para evitar o desperdício da água tratada vão ser reforçadas em breve com a instalação de macromedidores e monitoramento de nível em todos os reservatórios da cidade.

A adoção desses sistemas vai possibilitar a divisão do município em setores de abastecimento, ajudando na identificação de problemas que provocam a perda de água, permitindo uma ação corretiva mais rápida.