Implantação das redes de água e esgoto avançam na rua Ângelo Beviláqua, no Distrito Industrial

Visita da Escola Francisco Ponzio Sobrinho nas estações de tratamento de água e esgoto de Vinhedo
15 de março de 2018
Segundo módulo de tratamento da ETE Capivari segue em testes
15 de março de 2018

As obras para implantação das redes de água e esgoto para o Distrito Industrial, após o repasse de recursos financiados pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) continuam sendo executadas pela Sanebavi (Saneamento Básico Vinhedo), ao longo da rua Ângelo Beviláqua.

 

A rede de esgoto está sendo implantada em uma profundidade mínima de 1,5 m e coberta por terra para que depois a rede de água seja implantada e fique cerca de 1 metro abaixo do solo. 

 

“Com esse investimento, vamos e atender uma exigência da Cetesb que vinha cobrando das empresas instaladas no Distrito Industrial o tratamento do esgoto doméstico”, afirma o Superintendente da Sanebavi, Odair Seraphim, o Canjica.

 

A obra está sendo executada após o repasse de recursos financiados pelo PAC 2 na faixa de R$ 27 milhões, para serem investidos em obras de esgotamento sanitário e abastecimento de água em diversos bairros. Nos dois contratos o município tem a contrapartida de 10% no contrato da água e de 5% para o contrato de esgoto. 

 

Pelo projeto de esgotamento sanitário, serão construídas no Distrito Industrial duas estações elevatórias de esgoto, implantadas linhas de recalque em uma extensão de 1.135 metros, redes coletoras de esgoto em uma extensão de 7.837 metros e emissários de esgoto em uma extensão de 745 metros.

 

“Para levar água para o Distrito Industrial, vamos construir um reservatório de água tratada com capacidade para 550 mil litros, que será abastecido pela ETA 3, no São Joaquim. São investimentos importantes que estamos realizando para promover o desenvolvimento de Vinhedo para os próximos anos”, afirma o prefeito de Vinhedo, Jaime Cruz.

 

Além do reservatório, ainda será implantada uma rede adutora em uma extensão de 3.632 metros e redes de distribuição com tubos de PVC de 200, 150, 100, 75 e 50 mm em uma extensão de 8.121 metros.

 

Detalhes dos recursos

 

O recurso na faixa de R$ 27 milhões será utilizado também na implantação de redes coletoras de esgoto para o Altos do Morumbi, Colinas de San Diego, Vila Fontaine e São Joaquim e na ampliação da Estação de Tratamento de Água Santa Cândida (ETA 2) que abastece os bairros Santa Cândida e Capela. 

 

Os investimentos irão beneficiar cerca de 15 mil pessoas que vivem ou trabalham nessas regiões.

 

 

 

Tamanho da fonte
Contraste