ETA 3 começa a receber primeiros equipamentos

Prefeito Jaime Cruz assina convênio que libera R$ 27 milhões para investimentos em saneamento
Construção do reservatório de 2 milhões de litros de água tratada

 

A terceira estação de tratamento de água de Vinhedo, em construção dentro do condomínio São Joaquim, começou a receber nesta semana os primeiros equipamentos.

 

Já foram instaladas as bombas da estação elevatória de água tratada e escadas em fibra para acesso ao tanque de água bruta. Nos próximos dias serão construídas as escadas de concreto armado nos dois módulos de tratamento da estação.  Em paralelo a esse serviço, os últimos trabalhos de concretagem das estruturas prosseguem na casa de química e nas paredes da estação elevatória.

 

“As obras mais complexas da estação já estão prontas. Agora, entramos em uma fase de conclusão das obras civis e de instalação dos demais equipamentos que são necessários para colocar a estação em funcionamento até o final do ano”, afirma o Superintendente da Sanebavi, Odair Seraphim, o Canjica. 

 

Depois de pronta, a ETA São Joaquim terá capacidade para tratar até 720 m³/h de água, permitindo ao município utilizar a outorga máxima de captação no Rio Capivari. A estação vai beneficiar também os bairros Altos do Morumbi, Vida Nova 1, Eldorado e Vila Savian que sofrem problemas de falta de pressão na rede. O abastecimento de água será feito com uma rede subadutora que está sendo implantada ao longo da estrada da Capela.

 

“A ETA 3 vai racionalizar energia elétrica já que não será mais necessário bombear a água coletada até a ETA 1 na Vila Planalto. A água será captada, tratada e depois enviada para os reservatórios da Estrada da Boiada para distribuição”, explica o Prefeito de Vinhedo, Jaime Cruz. 

 

A rede adutora com tubos de ferro fundido de 400 mm já está pronta. Ela foi instalada em uma extensão de 2,3 km entre o condomínio São Joaquim e os reservatórios da Boiada.

 

Outros investimentos

 

A construção da ETA 3 soma-se a outros investimentos  que a Sanebavi começará a fazer até o final do ano após a assinatura de contrato na faixa de R$ 27 milhões que serão investidos na implantação da rede de água e esgoto para o Distrito Industrial, rede de esgoto e estação elevatória para os bairros Altos do Morumbi, Colinas de San Diego e Vila Fontaine, além da ampliação da ETA 2, no Jardim Santa Cândida.

 

Outros R$ 2,6 milhões em recursos oriundos do FEHIDRO (Fundo Estadual de Recursos Hídricos) serão utilizados para a implantação do serviço de pesquisa e detecção de vazamentos não visíveis em todo o município e na substituição da rede em cimento amianto para tubos de PVC e de ferro fundido em uma extensão de 6.174 metros, na Nova Vinhedo.

 

A Sanebavi também está construindo um novo reservatório na Estrada da Boiada com capacidade para dois milhões de litros de água tratada para atender cerca de 20 bairros de Vinhedo.