Estação de tratamento de água do Jardim Santa Cândida segue com as obras de ampliação

Visita da Escola Francisco Ponzio Sobrinho nas estações de tratamento de água e esgoto de Vinhedo
15 de março de 2018
Segundo módulo de tratamento da ETE Capivari segue em testes
15 de março de 2018

A Sanebavi (Saneamento Básico Vinhedo) prossegue com as obras de ampliação da estação de tratamento de água do Jardim Santa Cândida, a ETA 2, responsável pelo abastecimento dos bairros Jardim Santa Cândida e Capela.

 

Nos próximos dias, a área que vai receber o segundo módulo de tratamento da estação receberá estacas de fundação antes de ser aprofundado em cerca de quatro metros. A nova estação de energia já está sendo construída com a montagem das ferragens após a concretagem da base.  

 

“Ampliando a ETA 2 nos teremos condições de tratar mais 300 m³/h de água, aumentando a oferta de água para a Capela e Santa Cândida”, afirma o Superintendente da Sanebavi, Odair Seraphim, o Canjica.

 

A estação do Jardim Santa Cândida está sendo ampliada após o repasse de recursos financiados pelo PAC 2 (Programa de Aceleração do Crescimento) na faixa de R$ 27 milhões, para serem investidos em obras de esgotamento sanitário e abastecimento de água. Nos dois contratos o município tem a contrapartida de 10% no contrato da água e de 5% para o contrato de esgoto. 

 

O projeto de ampliação da estação engloba a execução de novo módulo de tratamento de água em ciclo completo, com decantador de alta taxa e filtros descendentes, lavagem hidráulica e com capacidade de tratar até 300 m³/h, incluindo as unidades de desinfecção e bombeamento de água para o sistema de reservação do Jardim Florido.

 

Os resíduos (lodo) gerados no tratamento da água serão tratados e desidratados na estação de tratamento de lodo já existente que também será ampliada, e o lodo será encaminhado para disposição em aterro sanitário.  

 

“Além desta ampliação estamos concluindo a construção da terceira estação de tratamento de água de Vinhedo, no São Joaquim, que terá capacidade para tratar até 720 m³/h de água. Isto é resultado do trabalho planejado e dos investimentos que estamos fazendo nos últimos anos em captação e tratamento de água para o desenvolvimento do município”, afirma o prefeito Jaime Cruz. 

 

Tamanho da fonte
Contraste