Desperdício de água tratada diminui a cada ano em Vinhedo

Rompimento de adutora interrompe o fornecimento de água em Vinhedo
15 de março de 2018
Audiência Pública – Plano Municipal de Saneamento Básico
15 de março de 2018

Nos últimos anos, Vinhedo vem investindo em equipamentos e tecnologia para evitar o desperdício de água tratada no município. Se, em 2008, o índice de perdas aferido pelo Sistema Nacional de Informação para o Saneamento (SNIS) era de 44%, uma série de ações colocadas em prática pela Sanebavi (Saneamento Básico Vinhedo)  como a troca de hidrômetros, instalação de novas redes e monitoramento dos reservatórios, conseguiu reduzir esse percentual ano após ano.

 

Em 2011, o Sistema de Gestão de Indicadores da Sanebavi, que adota os mesmos parâmetros do SNIS, do Ministério das Cidades, apontou um índice de 35,2%.  Agora em 2012, o índice está em 31%, valor próximo à meta de 25% estipulada pelo Comitê PCJ  (Comitês das Bacias Hidrográficas dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí) aos municípios consorciados até o ano de 2020.

Só no biênio 2010-2011, a Sanebavi, entre expansão e troca de rede, chegou a marca de 46 Km de novas tubulações, sendo trocadas as antigas de ferro, que podiam apresentar vazamentos com o passar dos anos, por canos de PVC que garantem maior durabilidade e qualidade no fornecimento da água.

Além da expansão da rede, foram instaladas válvulas redutoras de pressão em setores estratégicos do município para evitar uma sobrecarga na rede. Novos locais também estão sendo avaliados para posterior implantação.

Nos últimos dois anos, a Sanebavi também substituiu 13 mil hidrômetros, que representa 60% do total de aparelhos do município e instalou novos equipamentos, aferidos pelo Inmetro. Hoje 90% dos hidrômetros de Vinhedo tem menos de cinco anos de uso.

Trocas que foram fundamentais para melhorar a aferição do consumo de cada usuário, acabando com o problema de sub medição. O combate às fraudes é uma outra linha de atuação da Sanebavi.

Desde 2010 a prática ilícita vem sendo combatida de maneira exaustiva para evitar a perda de água e de recursos financeiros. Ações que tem colaborado para diminuir os índices e melhorar a qualidade na prestação do serviço.

 

Macromedidores vão ajudar no combate a perdas

 

O programa de controle de perdas do município vai ser intensificado em breve com a instalação de macromedidores e monitoramento de nível em todos os reservatórios da cidade. A adoção desses sistemas vai possibilitar a divisão do município em setores de abastecimento, ajudando na identificação de problemas que provocam a perda de água, permitindo uma ação corretiva mais rápida.

 

O monitoramento de nível dos reservatórios também permitira uma melhor gestão sobre o sistema, identificando pontos que sofrem com a falta de água ou até mesmo reservatórios onde ocorram extravasamentos.  Também haverá um controle maior sobre a vazão mínima noturna agilizando o combate ao desperdício. 

 

Além de um controle maior sobre a distribuição da água, a Sanebavi também poderá estabelecer prioridades de investimentos e planejar ações para cada uma das regiões de Vinhedo.

 

Hoje dos 36 reservatórios, oito já possuem o monitoramento de nível à distancia instalado. ( 4 na região da ETA 1 e 4 na região da Capela)
 

Tamanho da fonte
Contraste