Crianças da ONG Arca conhecem o funcionamento da estação de tratamento de água de Vinhedo

Prefeito e Superintendente da Sanebavi acompanham trabalhos de interligação da rede adutora da ETA 1
15 de março de 2018
Desassoreamento da Represa I é concluído
15 de março de 2018

Em preparação para uma feira científica, 12 crianças da ONG Arca, de Vinhedo, visitaram a estação de tratamento de água da Vila Planalto, a ETA 1, e acompanharam de perto todas as etapas do processo de tratamento da água realizado pela Sanebavi (Saneamento Básico Vinhedo).

 

Em pouco mais de uma hora eles conheceram o novo sistema de supervisão e controle dos reservatórios instalado recentemente pela autarquia nas duas estações de tratamento e observaram todas as etapas do tratamento, desde a entrada da água bruta na estação até a conclusão do processo com o envio da água potável para os reservatórios do município.

 

Segundo a pedagoga da ONG, a visita das crianças à estação de tratamento contribuiu para reforçar o conhecimento sobre o tema já discutido na instituição.

 

“As crianças precisavam observar na prática o funcionamento da estação para assimilar os conceitos que já havíamos discutido. Após essa visita nós vamos explorar ainda mais esse assunto realizando uma feira científica em que as crianças vão criar um mural com fotos e produzir uma maquete do que observaram com a intenção de apresentar o que Vinhedo faz para que chegue a nossos lares uma água limpa e cristalina”, afirma a pedagoga da Arca, Janaína Camizão.

 

Desde 2009 a Sanebavi abre as portas de suas unidades para que escolas e instituições tragam seus alunos para visitas técnicas, contribuindo para o aprendizado da disciplina e reforçando a importância da preservação ambiental. 

 

As visitas acontecem nas dependências da ETE Capivari e da estação de tratamento de água da Vila Planalto, a ETA 1. 

 

O ‘Projeto Escola’ desenvolvido pela autarquia recebe todos os anos visitas de alunos das escolas de Vinhedo e de outras cidades da região como Campinas e Paulínia. Nesse período, mais de 3 mil alunos já participaram do projeto.

 

 

Tamanho da fonte
Contraste