Construção da estação elevatória de esgoto no Marambaia entra na fase final

Prefeito Jaime Cruz assina convênio que libera R$ 27 milhões para investimentos em saneamento
15 de março de 2018
Construção do reservatório de 2 milhões de litros de água tratada
15 de março de 2018

A estação elevatória de esgoto no Marambaia está recebendo os ajustes finais para que as obras sejam concluídas e a estação possa entrar em funcionamento na rua Igaratá. 

 

Nesta semana, começou a ser feita a interligação da linha de recalque entre a estação e a rede coletora de 200 mm em uma extensão de 36 metros. A instalação da parte elétrica da casa do gerador também começará a ser executada nos próximos dias para que os equipamentos sejam testados.

 

“Concluída esta etapa, nós iniciaremos a pintura das paredes da estação e da casa do gerador e a colocação das pedras que vão formar o piso no entorno da unidade. Por último, toda a área será cercada para garantir a segurança de todos”, explica o Superintendente da Sanebavi, Odair Seraphim, o Canjica.

 

As bombas, o gerador e os painéis de controle da estação já estão instalados. A interligação da rede coletora de esgoto de 200 mmm entre a estação elevatória e a ETE Capivari também já foi concluída. Ela foi implantada pelo método não destrutível sob a rodovia Anhanguera em uma extensão aproximada de 150 metros. 

 

Todo o esgoto que chegar a estação vai passar por um gradeamento mecanizado para retenção de sólidos grosseiros e em seguida pela caixa de areia, antes de ser direcionado para tratamento na ETE Capivari.

 

“Essa estação elevatória terá capacidade de bombeamento de 280 m³/h de esgoto. Ela vai beneficiar a população do condomínio e também todos que vivem em torno do Marambaia, proporcionando mais qualidade de vida para quem mora nessa região”, afirma o prefeito Jaime Cruz. 

 

 

Tamanho da fonte
Contraste