Baixo nível das represas exige mudança de hábitos para o uso racional da água

Construção da ETA 3 – São Joaquim
15 de março de 2018
Sanebavi divulga Rodizio de Fornecimento de água em Vinhedo
15 de março de 2018

A situação dos mananciais que estão com os níveis cada vez mais baixos devido ao longo período de estiagem vem exigindo em todo o Estado de São Paulo cautela no uso da água para evitar um cenário mais crítico.

 

Em Vinhedo, as represas e os mananciais também estão com níveis preocupantes e já não está sendo possível captar a mesma quantidade de água que vinha sendo captada para atender todo o município. 

 

Um dos cartões postais da cidade, a represa I, está com 1,85 m. Na estação de tratamento de água da Vila Planalto (ETA 1) o volume de água tratado foi reduzido de 760 m³/h para 520 m³/h, uma redução de 30%, que exige o uso racional da água para evitar a adoção de um rodízio no fornecimento de água. 

 

“Até que o novo período de chuvas comece a amenizar essa situação é de fundamental importância que todos os moradores mudem os hábitos e utilizem a água apenas para as necessidades básicas. Com o uso consciente da água é possível enfrentar esse momento crítico que afeta todo o Estado”, afirma o Superintendente da Sanebavi, Odair Seraphim, o Canjica. 

 

Consciência que a moradora Luzia, da Capela, já demonstra ao comentar a importância do uso racional da água. 

 

“Racionamento significa uso racional e uso racional deve ser sempre e não somente na estiagem”, afirma a moradora.   

 

Uso Racional

 

Nesse período, a orientação é para que todos continuem utilizando a água apenas para as necessidades básicas (higiene pessoal, preparo de comida, lavagem de roupas e utensílios). 

 

A água não deve ser utilizada para lavagem de carros, calçadas, quintais e piscinas. Ações simples, adotadas no dia a dia contribuem para o uso racional da água:

 

– Mantenha a torneira fechada enquanto escova os dentes ou faz a barba. A economia pode chegar a 80 litros.

 

– Tome banhos rápidos de até cinco minutos

 

– Não utilize a descarga sem necessidade. São consumidos de seis a dez litros de água quando a descarga é acionada por 6 segundos.

 

– Só ligue a máquina de lavar louça ou roupa quando for usar toda a capacidade dela

 

– Feche a torneira enquanto esfrega a roupa no tanque

 

– Hidrômetro girando sem consumo de água é indício de vazamento

 

– Reutilize a água sempre que possível

 

 

 

 

 

 

Tamanho da fonte
Contraste