Ampliação da ETA 2 segue em andamento no Jardim Santa Cândida

Visita da Escola Francisco Ponzio Sobrinho nas estações de tratamento de água e esgoto de Vinhedo
15 de março de 2018
Segundo módulo de tratamento da ETE Capivari segue em testes
15 de março de 2018

As obras para ampliação da estação de tratamento de água do Jardim Santa Cândida seguem em andamento com os trabalhos de escavação da área que irá receber a nova subestação de energia.

 

A rede elétrica já existente da estação foi remanejada de lugar e novas caixas para a passagem da tubulação foram construídas.  Para construir o segundo módulo de tratamento da estação, o terreno receberá estacas de fundação antes de ser aprofundado em quatro metros.

 

 “A ampliação da ETA 2 vai nos permitir tratar mais 300 m³/h de água, aumentando a oferta de água para a Capela e Santa Cândida. Por isso, essa obra é de fundamental importância para Vinhedo e para o desenvolvimento da região”, afirma o Superintendente da Sanebavi, Odair Seraphim, o Canjica.

 

A estação do Jardim Santa Cândida será ampliada após o repasse de recursos financiados pelo PAC 2 (Programa de Aceleração do Crescimento) na faixa de R$ 27 milhões, para serem investidos em obras de esgotamento sanitário e abastecimento de água. Nos dois contratos o município tem a contrapartida de 10% no contrato da água e de 5% para o contrato de esgoto. 

 

O projeto de ampliação da estação engloba a execução de novo módulo de tratamento de água em ciclo completo, com decantador de alta taxa e filtros descendentes, lavagem hidráulica e com capacidade de tratar até 300 m³/h, incluindo as unidades de desinfecção e bombeamento de água para o sistema de reservação do Jardim Florido.

 

Os resíduos (lodo) gerados no tratamento da água serão tratados e desidratados na Estação de tratamento de lodo já existente que também será ampliada, e o lodo será encaminhado para disposição em aterro sanitário.  

 

“Além desta ampliação estamos concluindo a construção da terceira estação de tratamento de água de Vinhedo, no São Joaquim, que terá capacidade para tratar até 720 m³/h de água. Isto é resultado do trabalho planejado e dos investimentos que estamos fazendo nos últimos anos em captação e tratamento de água no município”, afirma o prefeito Jaime Cruz. 

 

 

Tamanho da fonte
Contraste