Implantação da nova rede adutora avança pela Estrada da Boiada

Sanebavi prossegue com a manutenção dos poços profundos
Equipe do Departamento de Combate à perdas participa de curso para identificação de vazamentos não visíveis

 

A nova rede adutora de água que vai aumentar a capacidade de vazão e melhorar o abastecimento para toda a cidade segue em implantação ao longo da Estrada da Boiada, no trecho entre as ruas Luiz Briski e Alfredo Acchar, no sentido Vinhedo-Valinhos.

 

“Essa obra é importante para o município e faz parte do Programa de Redução de Perdas que a Sanebavi vem desenvolvendo para eliminar o desperdício de água tratada em função de vazamentos nos sistemas”, afirma o superintendente da Sanebavi, Ricardo Facchini.

 

Após a retomada dos trabalhos em janeiro, a nova tubulação foi implantada em mais de 900 metros, totalizando 2.600 metros de redes já colocadas desde os reservatórios da Boiada.  A nova rede vai ser implantada em uma extensão de 4 km, entre o reservatório da Boiada até o reservatório do Vista Alegre.

 

Desvios

 

Nesta fase das obras, o motorista precisa ficar atento com os desvios realizados pela Secretaria de Transportes e Defesa Social. Na altura da rua Barracuda o trânsito foi desviado para o outro lado da Estrada da Boiada, no sentido Valinhos-Vinhedo. Nesse trecho, a via ficará como mão dupla, com uma faixa liberada para quem chega a Vinhedo e outra para quem estiver saindo do município.

 

Os desvios e rotas alternativas são modificados de acordo com o andamento das obras ao longo da Estrada da Boiada.

Tamanho da fonte
Contraste