Nova rede adutora de Água segue em implantação na Estrada da Boiada

Programa de gestão de perdas de água e energia elétrica capacita técnicos da Sanebavi
Promotoras da 56ª Festa da Uva e 8ª Festa do Vinho visitam a Sanebavi para divulgação do evento

 

A implantação da nova rede adutora na Estrada da Boiada segue em andamento. A tubulação já foi implantada em 750 metros da via desde a retomada dos trabalhos no início de janeiro.

 

Nesta semana, a rede está sendo implantada no quarteirão entre as ruas Barracuda e Luiz Briski, no sentido Vinhedo-Valinhos.

 

“Estamos acompanhando e cobrando agilidade nos trabalhos para causar o menor transtorno possível para os comerciantes. Essa obra é importante para Vinhedo e vai aumentar a eficiência de 84,8 litros por segundo para mais de 340 litros por segundo, beneficiando a todos”, explica o prefeito Jaime Cruz.

 

A nova rede vai ser implantada em uma extensão de 4 km, entre o reservatório da Boiada até o reservatório do Vista Alegre. A obra faz parte do Programa de Redução de Perdas da autarquia que visa eliminar o desperdício de água tratada decorrente de vazamentos nos sistemas.

 

Desvios

 

Nesta fase das obras, o motorista precisa ficar atento com os desvios realizados pela Secretaria de Transportes e Defesa Social. Na altura da rua Barracuda o trânsito foi desviado para o outro lado da Estrada da Boiada, no sentido Valinhos-Vinhedo. Nesse trecho, a via ficará como mão dupla, com uma faixa liberada para quem chega a Vinhedo e outra para quem estiver saindo do município.

 

Caminhões e veículos pesados continuam proibidos de acessar a Estrada da Boiada sentido Valinhos. Os caminhoneiros precisam entrar na Rua Manoel Matheus até a Praça do Rotary e descer a Avenida Rosa Zanetti Ferragut para entrar na Avenida Independência, que faz ligação com Valinhos.

 

Os desvios e rotas alternativas são modificados de acordo com o andamento das obras ao longo da Estrada da Boiada.

 

 

Tamanho da fonte
Contraste