Superintendente da Sanebavi participa do Encontro Municipal de Educação Ambiental

Falta de energia na ETA 2 prejudica o fornecimento de água para a Capela nesta sexta (15) e no fim de semana
Consumo de Água aumenta 17% em Vinhedo e reforça a necessidade do uso racional durante a estiagem

 

O superintendente da Sanebavi, Danilo Ferraz, participou ao lado do prefeito Jaime Cruz, do Encontro Municipal de Educação Ambiental “Compartilhando Caminhos para Brasília 2018”, realizado no Ceprovi, na tarde desta segunda-feira, 18.

 

O evento foi organizado pela Sanebavi em parceria com as secretarias municipais de Meio Ambiente e Urbanismo e de Educação para discutir ações e projetos que possam ser levados para o Fórum Mundial da Água que será realizado em Brasília no próximo ano.

 

“Os estudantes têm um grande papel nesse processo. Eles podem ser multiplicadores do que cada um de nós precisa fazer para preservarmos o meio ambiente, nossas nascentes, nossos rios e principalmente, na preservação da água. Essa discussão de hoje certamente renderá projetos para serem apresentados em Brasília no ano que vem durante o 8º Fórum Mundial da Água”, afirmou o prefeito Jaime Cruz.

 

O superintendente da Sanebavi, Danilo Ferraz, ressaltou durante o evento os investimentos e as ações realizadas pela autarquia para aumentar a reservação de água e combater as perdas no sistema de abastecimento.

 

“Em um ano e meio conseguimos captar recursos na ordem de R$18 milhões, sendo 80% desse total a fundo perdido. Estamos substituindo a rede adutora da Estrada da Boiada, investindo na setorização de alguns pontos, como o Vista Alegre e São Joaquim para controlar a pressão na rede e evitar o rompimento da tubulação e a perda de água tratada e investindo em frotas como caminhões e retroescavadeiras. Além disso, vamos realizar um estudo hidrogeológico que vai nos mostrar o que existe de água no município”, salientou.

 

Segundo o DAEE, Vinhedo é pioneira nesse tipo de estudo no Estado de São Paulo. “Vamos ser a primeira cidade a verificar a capacidade de água disponível e a levantar todos os poços que existem, cadastrados ou não.  Também vamos preparar e apresentar ao DAEE um projeto para captar água no rio Atibaia”, completou Danilo Ferraz.

 

Durante o Encontro Municipal de Educação Ambiental foram tratados temas como “Segurança Hídrica e Mudanças Climáticas”, “Água, Saneamento e Saúde”, “Água para o Desenvolvimento Sustentável”, “Ambientes Urbanos – Água e Gestão de Resíduos” e “Ecossistemas – Qualidade da Água, Meios de Subsistência e Biodiversidade”. Os temas diversos foram expostos pelos palestrantes Andrea Borges, do Consórcio PCJ; Rinaldo Calheiros, do Instituto Agronômico de Campinas (IAC); e Kiara Terra, do Instituto Estre.

 

O evento contou ainda com a apresentação de uma exposição interativa com painéis elaborados pelos estudantes das redes municipal, estadual e particular de ensino de Vinhedo. Todos os temas estão ligados ao 8º Fórum Mundial da Água, maior evento global sobre a Água, que acontecerá em março de 2018 em Brasília (DF).

Tamanho da fonte
Contraste