Troca da adutora na Estrada da Boiada traz inúmeros benefí­cios para a população

Sanebavi faz readequação para aumentar a capacidade de abastecimento da região da Capela
22 de fevereiro de 2017
Sanebavi realiza reunião para discussão dos critérios de concessão da tarifa social
24 de fevereiro de 2017

 

Antigas tubulações, instaladas na década de 80, são responsáveis por elevada taxa de perda de água tratada

 

 

A Sanebavi (Saneamento Básico Vinhedo) está realizando a substituição da adutora na Estrada da Boiada, obra que vai garantir a modernização das redes de abastecimento, influenciando diretamente na redução dos índices de perdas físicas de água tratada no município de Vinhedo. Mais do que isso, a nova estrutura hidráulica vai aumentar em quatro vezes a capacidade de vazão de água, melhorando o abastecimento de todo o município. 

 

De acordo com o departamento técnico da Sanebavi, são inúmeros os benefícios em decorrência desta obra para toda a população, começando pela qualidade dos materiais que estão sendo instalados, a durabilidade prevista para a nova tubulação e o diâmetro que permite o escoamento de uma quantidade muito maior de água, refletindo positivamente na qualidade dos serviços oferecidos aos contribuintes. 

 

Tudo isso sem contar a economia da autarquia com reparos e o fim das constantes manutenções que atrapalham o trânsito na Estrada da Boiada, estragam a camada asfáltica e interrompem o abastecimento.

 

  "Com mais de 30 anos, a atual rede de distribuição da Boiada é alvo de constantes estouros e rompimentos por causa de desgaste e degeneração das estruturas. Tanto os tubos, como as juntas e os outros materiais  tiveram a sua resistência diminuída devido ao envelhecimento, à  corrosão por tempo de uso e, principalmente pela quantidade de emendas ao longo do sistema.  Todos estes fatores têm contribuído para a elevada taxa de perdas de água tratada neste setor", explica o responsável pelo departamento de Projetos e Expansão da Sanebavi,  Miguel Aliotto.  Ele destaca também que as redes implantadas na década de 80 são de cimento amianto, cuja produção foi extinta há anos por Lei Federal,  o que dificulta ainda mais a manutenção e reposição das peças. 

 

Somente no ano de 2016, o departamento Operacional da Sanebavi realizou mais de dez reparos no sistema de abastecimento da Boiada. Além dos custos com a manutenção, quando acontece um rompimento os transtornos são grandes, a começar pela necessidade da abertura de buracos nas vias.

 

A boa notícia para a população vinhedense é que todos esses fatores  foram levados em conta durante o processo de elaboração do projeto da nova adutora. A Sanebavi optou pela utilização de tubos e conexões de ferro fundido dúctil, muito mais resistentes e com maior durabilidade  "Com a qualidade da  tubulação que está sendo instalada na nova a adutora,  estima-se que não será necessário nos preocuparmos com a manutenção dessa rede durante décadas", afirma Aliotto.

 

 A substituição da adutora faz parte do Programa de Redução de Perdas da Sanebavi e está sendo executada a partir de recursos da Fehidro (Fundo Estadual de Recursos Hídricos), na ordem de  R$ 4  milhões,  com contrapartida do município de Vinhedo.

 

Melhorias

Atualmente, o sistema da Boiada possui  duas adutoras que, juntas, têm capacidade de vazão total de 84,8 litros por segundo, atendendo uma população de pouco mais de 20 mil habitantes.  Já o novo sistema terá capacidade de vazão prevista para  341 litros por segundo,  quatro vezes maior que a atual, ampliando a capacidade de atendimento para uma população de mais de 82 mil habitantes.

 

 

A tubulação responsável pelo transporte de água dos reservatórios para as unidades de distribuição aumentou de 250mm para 500mm de diâmetro beneficiando diretamente os contribuintes localizados nos  bairros  Jd. Santa Rosa, Jd Brasil, Jd São Mateus, Jd Junco, Jd Ferragut, Alves Nogueira, Jd Alba, Jd Italia, Jd.  Primavera, Pinheirinho, Estância das Flores, Colina São Diego, Morada dos Executivos,  Cond. Marambaia, Loteamento Matheus, Chácara do Trevo, Nova Vinhedo, Jd. Milanes, Jd 3 Irmãos, Casa Verde, Vila Fontaine, Buracão, Grape Village, Vista Alegre, Aquários, Bosque das Araras, Santa Claudina, Portal, Chácara Final de Semana, Jd Paradiso, São Miguel, Jd Pinhata, Vivenda das Vinhas, Jd dos Pássaros, Sol Vinhedo Village, Nova Aliança, Joana, Vila Renascer, Jd América, Terras de São Francisco, Vila Treviso, Residencial Arco Iris, Chácara São Bento, Residencial Viena I e II, residencial Parque dos Pinheiros, Jd São Lucas, Altos do Pinheirinho, Spazio Florença, Spazio Roma, San Nicolas e  Il Pio Bello.

 

Combate às perdas

 

A Sanebavi, em função das metas a serem atingidas em seu Programa de Redução de Perdas, que integra o Plano Municipal de Saneamento,  vem desenvolvendo uma série de obras necessárias à obtenção de melhores resultados. Exemplo deste trabalho é a substituição de mais de 1000 hidrômetros com mais de cinco anos de uso; implantação de macromedidores; adequação das zonas de pressão e  troca das redes de amianto por ferro fundido em diversos bairros. 

 

Neste contexto, vale ressaltar o recente investimento feito no bairro Nova Vinhedo,  que teve a rede de distribuição adequada com a substituição da tubulação antiga por canos de ferro fundido em uma extensão de aproximadamente 6.174 metros  melhorando a distribuição de águas e os problemas com reparos e perdas. No mesmo bairro, a Sanebavi realizou a reforma do reservatório de água de 800 mil litros, que recebeu impermeabilização com manta asfáltica, adequações e pintura. 

 

 

Tamanho da fonte
Contraste