Superintendente da Sanebavi confere fase final das obras de construção da ETA São Joaquim

Montagem do domo de alumí­nio do novo reservatório de 2 milhões de litros
15 de março de 2018
Trabalhos de interligação entre os reservatórios da Estrada da Boiada
15 de março de 2018

O Superintendente da Sanebavi, Odair Seraphim, o Canjica, durante visita ao canteiro de obras da ETA São Joaquim, conferiu o andamento dos trabalhos de interligação dos equipamentos e dos ajustes finais para deixar a terceira estação de tratamento de água de Vinhedo pronta para entrar em operação.

 

Os trabalhos estão concentrados na interligação das tubulações, registros e válvulas entre os tanques e módulos de tratamento.  Os portões de acesso já foram instalados e ao redor da estação o muro já foi levantado. 

 

“Com a ETA 3 nós teremos condições de utilizar a outorga máxima de captação no Rio Capivari, aumentando a oferta de água para o município. Depois de finalizada, a estação terá capacidade para tratar até 720 m³/h de água, beneficiando os bairros Altos do Morumbi, Vida Nova 1, Eldorado e Vila Savian que sofrem problemas de falta de pressão na rede. O abastecimento de água será feito com uma rede subadutora implantada ao longo da estrada da Capela”, afirma o Superintendente da Sanebavi, Odair Seraphim, o Canjica.

 

Para armazenar a chegada da água bruta do rio Capivari, parte do terreno foi rebaixado em 4 metros para criar um novo tanque. Essa nova área vai armazenar mais água do que o espaço atual.   

 

A água será captada, tratada e depois enviada para os reservatórios da Estrada da Boiada para distribuição. A rede adutora com tubos de ferro fundido de 400 mm já está pronta. Ela foi instalada em uma extensão de 2,3 km entre o condomínio São Joaquim e os reservatórios da Boiada. 

 

“A ETA 3 começou a ser construída antes do período de estiagem que vem afetando todos os municípios e agora, quando ela entrar em funcionamento, somando-se a outros investimentos que já realizamos, como a construção do reservatório com capacidade para dois milhões de litros de água tratada na estrada da Boiada, e a outros que realizaremos agora em 2015, nos vamos proporcionar mais qualidade de vida para a população Vinhedense”, afirma o Prefeito Jaime Cruz.

 

Investimentos para 2015

 

Para 2015, outras obras importantes para a cidade serão iniciadas por causa dos convênios já assinados junto aos Governos Federal (PAC 2) e Estadual (FEHIDRO) que repassarão cerca de R$ 30 milhões. 

 

Esse recurso será utilizado na implantados 19 km de rede coletora de esgoto doméstico do Distrito Industrial, na construção de estações elevatórias e emissários de esgoto para os bairros Altos do Morumbi, Colinas de São Diego, Vila Fontaine e São Joaquim, além da ampliação da estação de tratamento de água do Jardim Santa Cândida (ETA 2) que aumentará a capacidade de tratamento da estação para 300 m³/h e da expansão da rede de distribuição para o Distrito Industrial que será abastecido pela ETA 3 em construção no São Joaquim.  

 

Também será feita a adequação da rede de água na Nova Vinhedo com a substituição da rede em cimento amianto para tubos de PVC e de ferro fundido em uma extensão de 6.174 metros, diminuindo as perdas de água tratada ocasionados por vazamentos e melhorando a distribuição de água para a população. 

 

Neste projeto também está contemplado a reforma do reservatório de 800 mil litros da Nova Vinhedo. Depois que toda a rede for substituída, ele será esvaziado para ser reformado e impermeabilizado. 

 

Ainda está no planejamento da Sanebavi para 2015 o desassoreamento completo da represa I, João Gasparini, para aumentar a capacidade de armazenamento de água bruta no local. 

 

 

 

 

 

Tamanho da fonte
Contraste