Sanebavi realiza testes para implantação do novo modelo da conta de água

ETE Capivari tem base do segundo tanque concretada
15 de março de 2018
Sanebavi realiza interligação de rede na Vila Pompeia
15 de março de 2018

A Sanebavi (Saneamento Básico Vinhedo) iniciou a fase de testes para implantar o novo modelo da conta de consumo de água que começa a ser entregue em 2013 em Vinhedo.

 

Com um visual mais moderno, a conta de água será impressa em papel fotossensível  com  dimensões de 104 mm x 234 mm. 

 

Entre as principais mudanças estão a inclusão da marca d’água da Sanebavi no papel, a ampliação do campo histórico de leitura e consumo que passa a demonstrar o consumo dos últimos doze meses e a informação sobre a qualidade da água distribuída, separada por setor de abastecimento.

 

“Esse novo modelo de conta faz parte do processo de implantação da leitura e emissão simultânea da conta de água que começou em agosto deste ano com a substituição dos antigos aparelhos coletores por computadores portáteis já integrados ao sistema de faturamento da autarquia”, afirma o Superintendente da Sanebavi, Odair Seraphim, o Canjica.

 

Para imprimir na hora a conta para o usuário vai ser utilizada uma impressora portátil que faz parte dos novos equipamentos adquiridos.

 

“Investimentos como esse somam-se a outros que estamos implantando em nossa cidade, utilizando-se de ferramentas tecnológicas existentes para ampliar a qualidade do atendimento da prestação de serviços à nossa população”, afirma o prefeito de Vinhedo, Milton Serafim.

 

O uso desse novo sistema é o início de um grande projeto que está vinculado ao controle de perdas do município. Macromedidores serão instalados nos 36 reservatórios da cidade e, a partir daí, será possível comparar a quantidade de água distribuída com a quantidade efetivamente consumida pelos hidrômetros em cada região.

 

Além de um controle maior sobre a distribuição da água, a Sanebavi também poderá estabelecer prioridades de investimentos e planejar ações para cada uma das regiões de Vinhedo.

 

Com a macromedição vai ser possível identificar possíveis perdas de água pelo caminho e adotar as medidas necessárias para resolver o problema com mais agilidade.

 

Em outubro deste ano Vinhedo alcançou uma marca histórica no combate ao desperdício de água tratada ao registrar índice de 24,5%. Esse é o melhor resultado obtido pelo município desde que o combate ao desperdício começou a ser acompanhado na cidade.
 

 

Tamanho da fonte
Contraste