Sanebavi entrega ampliação da ETE Capivari neste sábado, 18

Oficinas de Compostagem e Horta Orgânica continuam com inscrições abertas
15 de março de 2018
Grupo "Memórias de Vinhedo" visita estações de tratamento da Sanebavi
15 de março de 2018
 

 

 

 

O município de Vinhedo, com 100% de esgoto coletado tratado, dá mais um salto na qualidade de vida com a expansão do tratamento de efluentes na região do Distrito

 

 

 

A Sanebavi (Saneamento Básico Vinhedo) entrega neste sábado (18), às 10h,  a ampliação da Estação de Tratamento de Esgoto – ETE Capivari, localizada no Distrito Industrial.  Com o segundo módulo, a estação vai ter capacidade para tratar o dobro de efluentes,  podendo atingir até 134 litros por segundo de capacidade final.  A ETE Capivari está em operação para testes finais de todo o sistema integrando os dois módulos. A obra foi realizada com recursos provenientes do PAC 2 – Programa de Aceleração do Crescimento, do Governo Federal, com contrapartida do município.

 

 

A ampliação da ETE Capivari vai beneficiar cerca de 15 mil pessoas que vivem ou trabalham nos bairros dessa região  “Vamos atender o esgoto doméstico do Distrito Industrial, São Joaquim, Sol Vinhedo, Marambaia e o futuro crescimento da Capela”, afirma o superintendente, Danilo Ferraz.  Para atender esses bairros, a Sanebavi está implantando redes coletoras numa extensão de 19km, além de seis estações elevatórias e emissários de esgoto.

 

 

A ETE Capivari é responsável por 40% do tratamento do município e atende os bairros localizados na bacia do Capivari,  como a região da Capela, que compreende, entre outros, a Vila Savian, Jd. Bela Vista I e II, Vida Nova I, II e III, Jd. Palmares, Jd. Von Zuben,  Eldorado, Vila Garces, São Carlos, Santo Antônio, Bosque da Capela, São José, Santa Rosa, Jd. Florido, Parque São José, Jd. São José, Altos do Morumbi, Monte Verde, Morada do Pinheiro, Jd. São Lucas, Paineiras, Jd. das Nogueiras, Afabesp e Apabex, totalizando cerca de 22 mil contribuintes. Com a expansão,  a estimativa é de que este número atinja a marca de aproximadamente 45 mil até 2025.  Além da ETE Capivari, o município de Vinhedo conta com mais duas estações de tratamento de efluentes, a ETE Pinheirinho, localizada no bairro São Thomé, responsável pelo tratamento de quase 60% e a ETE Santa Cândida, que trata o esgoto gerado no Condomínio Vila Hípica.

Esses investimentos fazem de Vinhedo uma cidade referência em todo o país  “Vinhedo faz parte de um seleto grupo de cidades brasileiras que trata 100% do esgoto coletado e com mais esse importante investimento vamos garantir o desenvolvimento sustentável do município para os próximos anos”, afirma o prefeito de Vinhedo, Jaime Cruz.

 

 

Com a ampliação da ETE Capivari também haverá uma grande melhora sanitária e ambiental dos cursos d’água existentes dentro do município, principalmente do Rio Capivari. “O tratamento do esgoto elimina a poluição de rios e demais cursos d´água, permitindo que as  águas permaneçam fontes de recursos hídricos para consumo. A ampliação da ETE demonstra nossa preocupação em garantir boas condições de saúde pública para as futuras gerações”, afirma o superintendente da Sanebavi, Danilo Ferraz.

 

 

 

Tratamento

 

 

O efluente gerado pela região da Capela chega a ETE Capivari pela forma de sistema misto envolvendo elevatória e gravidade. O produto é recalcado para o tanque de aeração (processo biológico) e encaminhado à separação do lodo, no processo denominado de flotação. Depois disso, segue por gravidade ao tanque de oxidação por cloração e pós-oxigenação. Assim é encaminhado por um canal medidor de vazão onde é controlado o pH, oxigênio, demanda química e bioquímica de oxigênio. Após os controles, o efluente lançado no Rio Capivari. 

 

Tamanho da fonte
Contraste