Sanebavi divulga Rodizio de Fornecimento de água em Vinhedo

Sanebavi busca fontes alternativas de água para complementar o abastecimento em Vinhedo
15 de março de 2018
Sanebavi aguarda liberação da CETESB para iniciar obras no sistema de distribuição de água e combate às perdas
15 de março de 2018

 

Dando sequência as novas ações que compõem o Planejamento em relação ao sistema de abastecimento de água em Vinhedo, a Sanebavi – Saneamento Básico Vinhedo divulgou, na tarde desta 6ª feira, o Rodízio de Fornecimento de Água na cidade, atingindo os bairros que são atendidos pela Estação de Tratamento de Água Vila Planalto – ETA 1. Esta ação somam-se as demais já noticiadas desde a obrigatoriedade de interrupção na captação de água no Rio Capivari, na última 3ª feira, por conta do alto índice de poluentes, que levou, inclusive, ao prefeito Jaime Cruz decretar situação de emergência na cidade, pelo decreto 216, de 4ª feira, destacando, principalmente, uma série de novas ações para esta situação de seca e falta de chuva que afeta o Estado de São Paulo.
 
  
“Desde o final de 2013, Vinhedo tem trabalhado com planejamento para esta situação de crise hídrica que afeta o Estado de São Paulo, por conta da forte estiagem e ausência de chuvas. Trabalhávamos com um plano de racionamento eletrônico que permitia, de acordo com situações de elevado consumo, interromper, em alguns bairros, a distribuição por 3 a 4 horas. Entretanto, desde a última 3ª feira, com a crítica situação de alto teor de poluentes no Rio Capivari, principal manancial de captação de água da cidade, fomos obrigados a interromper a captação o que prejudicou o abastecimento de água na cidade. Imediatamente, trabalhamos num plano de contingência para ações complementares, de modo a aumentar a oferta de água, para o consumo da população, como fizemos nesta 5ª feira, após o decreto que permitiu-nos captar água em lagos e nascentes particulares da cidade. Agora, também se faz necessário um Plano de Rodízio, de forma a comunicar antecipadamente a população os horários de fornecimento de água, até que possamos retomar a captação no Rio Capivari e normalizarmos o abastecimento”, afirmou o prefeito de Vinhedo, Jaime Cruz.
 
  
O Rodízio de Fornecimento será dividido em 3 sistemas apenas nos bairros atendidos pela ETA 1. A região da Capela, que é abastecida pela ETA 2 – Estação de Tratamento de Água Santa Cândia – não entrará no sistema de Rodízio, já que não sofreu impacto na distribuição, por ser abastecida por outro manancial, o Córrego do Moinho. 
 
  
“A ETA 2, responsável por 34% do abastecimento da cidade, tem trabalhado na capacidade máxima, tratando 170 m³ por hora, para atender a região da Capela. Conforme já noticiado, a interrupção da captação de água no Rio Capivari reduziu a capacidade de tratamento de água na ETA 1 de 630 m³ por hora para 300 m³, ou seja, uma queda de 52%”, comentou o superintendente da Sanebavi, Odair Seraphim – Canjica.
 
         
 Abaixo, segue o Rodízio de Fornecimento por sistema de abastecimento e os respectivos bairros. O horário indica o tempo em que, de segunda a segunda, será distribuído água para o sistema respectivo, enquanto se processa o restabelecimento total de captação, tratamento e distribuição de água na cidade.      
 
 
 
Sistema da Boiada (fornecimento de água das 7h às 17h)
 
Residencial São Miguel, Vila Renascer, Jardim Primavera, Estância das Flores, Jardim dos Pássaros, Ferragut, Condomínio Vivenda das Vinhas, Residencial Grappe Village, Alpes de Vinhedo, Nova Aliança, Terras de São Francisco 1 e 2, Pinheirinho, Santa Claudina, Vila Fontaine, Residencial Arco Iris, Vila Di Treviso, Jardim Três Irmãos, Condomínio Vista Alegre (Sede e Café), São Matheus, Bosque das Araras, Altos do Morumbi, Chácaras Fim de Semana, Casa Verde, Chácaras São Bento, Nova Vinhedo, Residencial Aquário, Nova Era, Residencial Joana, Vila Milanez, Vila Pafaro, Parque Brasília, São Diego, São Joaquim, Morada dos Executivos, Marambaia, Chácaras do Trevo, Sol Vinhedo Village, Santa Rosa, Jardim Brasil, Alves Nogueira, Jardim Alba, Jardim Itália, Jardim Junco, Loteamento Antonio Trevisan e Jardim Pinhata.
 
 
 Sistema Mirante das Estrelas (fornecimento de água das 18h às 6h)
 
Jardim São Thomé, Vila Santana, Jardim Miriam, Residencial Jardim Florência, Vila João XXIII, Vila Romana, Vila Pompeia, CDHU Mario Covas, Vila Junqueira, Vila Mingarelli, Loteamento Bem Te Vi, Parque Yolanda, Vila Fátima, Residencial Ipê Velho, Jardim Panorama I e II, Recanto dos Paturis, Bosques de Grevílea, Morada do Sol, Morada da Lua, Jardim das Palmeiras, Reserva da Mata, Chácaras Mirante das Estrelas, Residencial Világgio Di Verona, Jardim Melle, Morada do Bosque, Vila Monte Verde, Observatório, Residencial Villa D’Oro, Chácaras Recanto das Canjarana, Chácaras do Lago, Chácaras da Adutora, Macaúba, Jardim Floresta, Jardim Europa, Jardim Paulista I e II, Campos de Toscana.
 
 
 Região Central (fornecimento de água das 7h às 22h)
 
Vila Magalhães, Vila Planalto, Vila Trevisan, Vila Galo, Residencial Flora, Centro, Jardim Nova Canudos, Residencial Terras de Vinhedo, Jardim América, Jardim Cruzeiro, Jardim Trevisan I e II, Jardim Emília, Vila Valmonte, Vila Lorenzon, Codato, Santa Leonilda.
 
Tamanho da fonte
Contraste