Sanebavi assina contrato com Agência PCJ para substituição de adutoras da Estrada da Boiada

Superintendente da Sanebavi acompanha implantação das redes de água e esgoto no Distrito Industrial
15 de março de 2018
Sanebavi realiza limpeza dos reservatórios na ETA II e Vila Hípica no próximo dia 26
15 de março de 2018

 

Superintendente da autarquia, Danilo Ferraz assinou o contrato para execução do projeto em combate às perdas hídricas

 

 

 

O município de Vinhedo, associado ao Consórcio das Bacias Hidrográficas dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí (PCJ), deu mais um passo no combate às perdas de água nas redes de distribuição do município. Em evento realizado na manhã desta sexta-feira, dia 04, na cidade de Piracicaba, o Superintendente da Saneamento Básico Vinhedo (Sanebavi), Danilo Ferraz, acompanhado do diretor de Convênios da Prefeitura, Márcio Luiz Aprígio, estiveram na 16ª Reunião Ordinária dos Comitês PCJ, onde assinaram contrato para a substituição de 3.700 metros das adutoras existentes na Estrada da Boiada, no trecho compreendido entre o Reservatório da Estrada da Boiada e o Reservatório Vinhas da Vista Alegre.

Também estiveram presentes os diretores e técnicos da Fundação Agência das Bacias PCJ – que é o órgão gestor, e da Caixa Econômica Federal – que é o agente técnico, responsável pelo acompanhamento das obras.

Segundo o Prefeito Jaime Cruz, o convênio tem a proposta de conter a perda de água e aperfeiçoar o sistema de abastecimento, garantindo qualidade e segurança do serviço prestado à população. “O controle de perdas é um dos pontos essenciais para aumentarmos a oferta hídrica. A Prefeitura está realizando amplas ações, que passam pela gestão da Sanebavi, que continuará suas operações para redução das perdas e investimentos na qualidade do serviço”.

Atualmente, as adutoras existentes na Estrada da Boiada, não apresentam capacidade de vazão satisfatória às necessidades presentes. Com a substituição destas adutoras, a capacidade de vazão prevista atingirá 310,73 litros por segundo.

Ainda, considerando os critérios estabelecidos (consumo médio diário per capita =200 litros, coeficiente de variação diária = 1,20 e coeficiente de variação horária = 1,50) esta nova vazão atenderá a uma população de 74.575 habitantes, ampliando a capacidade de abastecimento de água tratada em 4,6 vezes se comparada às duas adutoras existentes.

Atualmente, a média de perda hídrica daquela região é de 30%. A estimativa é de que após a substituição das adutoras, este índice chegue a 25%, considerado por órgãos regulamentadores como aceitável e economicamente viável. Serão utilizados tubos de ferro fundido ductil de classe K7 (composto de carbono cristalizado), material mais durável, com menos riscos de vazamento.

“Estamos trabalhando para reduzir ainda mais a perda de água tratada do município. Estamos realizando uma gestão séria e isso é reconhecido pela nossa população”, comenta Danilo Ferraz, Superintendente da Sanebavi. 

Os recursos destinados à Vinhedo, oriundos da cobrança pelo uso dos recursos hídricos dos rios de domínio da União (Cobrança Federal PCJ), é na ordem de R$ 4.529.330,93 com contrapartida da Sanebavi em R$ 866.669,72, viabilizando um investimento na ordem de R$ 5.396.000,65.

Após a assinatura do contrato, a Sanebavi realizará no mês de janeiro a licitação para contratação de empresa para execução dos serviços, seguida da emissão da ordem de serviço, com prazo de 12 meses para realização das melhorias.

“No próximo mês já devemos abrir a licitação para escolha da empresa que irá executar a substituição das adutoras da Estrada da Boiada. Neste caso, as adutoras atuais a serem substituídas através deste convênio são de PVC e cimento amianto, material que apresenta considerável índice de vazamentos, será trocado por modernos tubos de ferro fundido, que devem ter a durabilidade de no mínimo 50 anos“, explica Danilo Ferraz.

 

 

 

 

Tamanho da fonte
Contraste