Prosseguem os trabalhos de concretagem na estação elevatória no Marambaia

Uso racional da água é fundamental para recuperação do ní­vel das represas
15 de março de 2018
Baixo nível das represas exige uso racional da água
15 de março de 2018

O Superintendente da Sanebavi, Odair Seraphim, o Canjica, acompanhou nesta quinta-feira, 12, a última etapa de concretagem das paredes da estação elevatória de esgoto que vai funcionar a partir do próximo ano na rua Igaratá, dentro do condomínio São Joaquim.

A estação ocupa uma área de 97 m² e para finalizar o trabalho de concretagem foram utilizados 18 m³ de concreto.

“Essa estação elevatória de esgoto vai ser importantíssima para Vinhedo. Com ela, nós vamos beneficiar a população que vive dentro do condomínio e também todos que vivem em torno do Marambaia. Até março ela entrará em funcionamento, proporcionando mais qualidade de vida para quem vive nessa região”, afirma Canjica.

Em paralelo aos trabalhos de concretagem da estação elevatória, a casa do gerador continua em construção e parte da área ao redor da estação, que foi rebaixada no inicio das obras em 7,8 metros, já começou a ser aterrada após a impermeabilização das paredes.

As duas bombas da estação já foram instaladas dentro do poço que tem oito metros de altura.
Depois de pronta, a estação terá capacidade de bombeamento de 280,8 m³/h de esgoto. Todo o esgoto que chegar a estação vai passar por um gradeamento mecanizado para retenção de sólidos grosseiros e em seguida por uma caixa de areia, antes de ser direcionado para tratamento na ETE Capivari.

“Para direcionar o esgoto para a estação de tratamento nós ainda precisamos fazer a interligação da rede coletora de 200 mm entre o condomínio e a ETE Capivari. Todo esse processo será feito em breve sob a rodovia Anhanguera em uma extensão de 100 metros, pelo método não destrutível”, afirma o prefeito Milton Serafim.
 

 

Tamanho da fonte
Contraste