Em fase de ampliação, ETE Capivari começa a receber equipamentos para o 2° módulo da estação

Ampliação da ETE Capivari
15 de março de 2018
Prefeito Milton Serafim confere o novo sistema de supervisão e controle do abastecimento de água de Vinhedo
15 de março de 2018

Com a finalização das obras estruturais de ampliação da ETE Capivari que envolveram a concretagem do tanque de 40×40 m² e as construções da passarela guarda corpo, no entorno do módulo, do desnível, conhecido como quebra onda, no tanque de aeração e das divisórias, conhecidas como chicanas, no tanque de contato, a Sanebavi (Saneamento Básico Vinhedo) vai começar a instalar as tubulações, equipamentos e maquinários necessários para o funcionamento da estação.

 

Dos equipamentos que já chegaram à estação estão os seis filtros que vão segurar as partículas sólidas. Com mais de três metros de altura, os filtros vão proporcionar que a estação tenha mais eficiência no tratamento do esgoto.

 

“A ampliação da ETE Capivari reflete a nossa preocupação em proporcionar mais qualidade de vida à população e esse investimento soma-se a outros que estamos realizando na área de saneamento para atingir esse objetivo. Além disso, hoje Vinhedo faz parte de um seleto grupo de cidades que trata 100% do esgoto coletado e isso só nos motiva a continuar investindo nessa área”, afirma o prefeito de Vinhedo, Milton Serafim.

 

Investimentos que levaram o município a conquistar no ano passado, pelo quarto ano consecutivo, e pela segunda vez com a 1° colocação na Região Metropolitana de Campinas, o Certificado ‘Município Verde Azul’, concedido pelo Governo do Estado de São Paulo às cidades que desenvolveram ações de destaque com a finalidade de promover a recuperação e a preservação ambiental.

 

“A ampliação da ETE Capivari vai beneficiar cerca de 15 mil pessoas que vivem ou trabalham nos bairros da região.  Vamos atender o Distrito Industrial, São Joaquim, Sol Vinhedo, Marambaia e o futuro crescimento da Capela. Para isso, nós já apresentamos em Brasília, um projeto, já tecnicamente aprovado, para a execução de redes coletoras em uma extensão de 19km, e construção de seis estações elevatórias e emissários de esgoto para atender esses bairros”, afirma o Superintendente da Sanebavi, Odair Seraphim, o Canjica.

 

O custo total da ampliação da ETE Capivari está orçado em R$ 4.555.266,83. Verba destinada integralmente pelo PAC 2, o Programa de Aceleração do Crescimento, do Governo Federal.

 

Tamanho da fonte
Contraste