Continuam as obras de construção das estações de tratamento de lodo de Vinhedo

Sanebavi prossegue com a construção das Estações de Tratamento de Lodo
15 de março de 2018
Rede adutora de água tratada começa a ser instalada na ETA 3
15 de março de 2018

Com a estrutura dos prédios das estações de lodo finalizada, a Sanebavi (Saneamento Básico Vinhedo) prossegue com os trabalhos de instalação das tubulações que vão interligar os equipamentos da estação de tratamento de lodo à estação de tratamento de água.

 

Na estação de tratamento de água da Vila Planalto, a ETA 1, as duas centrífugas que terão capacidade para desidratar 14.000 litros de lodo por hora, já foram instaladas e serão interligadas após a conclusão da instalação das tubulações.

 

O mesmo procedimento será feito na estação de tratamento de água Santa Cândida, a ETA 2, que terá uma centrifuga para desidratar 10.000 litros de lodo por hora.

 

Depois dessa etapa os painéis elétricos responsáveis por controlar a centrifugação das máquinas  também serão instalados nas duas unidades.

 

A construção dessas estações reflete a preocupação da Sanebavi com a preservação do meio ambiente e com as futuras gerações do município já que o tratamento de água na ETA gera um resíduo, o lodo, que tem todas as impurezas que antes estavam na água.

 

E para dar a destinação correta a esse resíduo as centrífuga tem papel importante no processo de desidratação do lodo.

 

Parte da água eliminada do lodo nesse processo volta para a entrada da ETA para tratamento, minimizando o desperdício de água captada.  Já o lodo desidratado será encaminhado para aterro sanitário adequado ou poderá ser utilizado em cerâmicas na fabricação de tijolos.
 

 

Tamanho da fonte
Contraste