C

B
15 de março de 2018
EXCLUI Fim do Programa de Pagamento de Dívidas com a Sanebavi
15 de março de 2018

C

 

Cabeceira ou Nascente – Local onde nasce o rio, ou curso d’água. Nem sempre é um ponto bem definido, constituindo às vezes toda uma área. Isso se nota, por exemplo, na dificuldade em determinar onde nasce o rio principal, como é o caso da definição das cabeceiras do Rio Amazonas.

Calha – Vales ou sulcos por onde correm as águas de um rio.

 Captação da água – Conjunto de estruturas montadas para retirar água dos mananciais, para abastecimento público ou outros fins.

 Carga poluidora – Quando se fala de recursos hídricos, é a quantidade de poluentes que atingem os corpos d’água, prejudicando seu uso. Medida em DBO e DBQ.

 Chorume – Líquido venenoso que se forma na decomposição do lixo, podendo contaminar o ambiente, se não houver cuidados especiais.

 Chuva ácida – Chuva contaminada por poluentes atmosféricos, como os óxidos sulfúricos (de enxofre) e nítricos (de nitrogênio), emitidos por exemplo pelas chaminés das indústrias e escapamentos de automóveis. As gotas contaminadas (PH mais baixo) penetram no solo, envenenando-o, o que causa a morte de florestas. Também contaminam rios, lagos e corroem elementos como mármore, ameaçando patrimônios artísticos e arquitetônicos. A chuva ácida pode cair longe das fontes de poluição, já que o vento carrega os poluentes atmosféricos.

 Ciclo Hidrológico – Movimento da água através do ecossistema. O ciclo depende da capacidade de a água estar presente nas formas líquida e gasosa. O ciclo tem quatro fases: evaporação, condensação, precipitação e deflúvio.

 Classe de águas – Classificação da qualidade da água dos rios, mares e outros corpos d’água. No Brasil, a Resolução 20/86, do CONAMA – Conselho Nacional do Meio Ambiente, define cinco classes para as águas doces, e determina que tipo de uso pode se fazer da água, em cada caso (de consumo humano à navegação). No caso de águas salobras (com 0,5 a 30% de salinidade) e salinas (salinidade acima de 30% de salinidade) a Resolução estabelece duas classes para cada uma.

 Corpo d’água – Rio, lago, ou reservatório.

 Córrego – Pequeno riacho, ou afluente de um rio maior.

 Coliforme Fecal – Organismo humano trato intestinal humano (e de outros animais), cuja ocorrência serve como índice de poluição.

 CONAMA – Sigla de Conselho Nacional do Meio Ambiente.

 Contaminação da água – Contaminação de águas correntes devido às crescentes descargas de resíduos procedentes de indústrias e de águas servidas; poluição da água.

 Contaminação do Mar – Deterioramento das águas marinhas, como vazamentos de petroleiros, experiências nucleares, lixo, esgotos, etc.; poluição do mar, poluição marinha, poluição marítima.

 Contaminação por Óleo – Contaminação geralmente das águas continentais marinhas ou subterrâneas por óleo ou produtos análogos aos óleos minerais [Um litro de óleo em 1 milhão de litros de água veta o seu consumo pois ela deixa de ser potável].

 Controle Ambiental – Ação pública, oficial ou privada, destinada a orientar, corrigir e fiscalizar atividades que afetam ou possam afetar o meio ambiente; gestão ambiental.

Tamanho da fonte
Contraste