Sanebavi prossegue com os ajustes finais na terceira estação de tratamento de água de Vinhedo

ETA São Joaquim continua recebendo ajustes finais
15 de março de 2018
Superintendente da Sanebavi acompanha início dos trabalhos de adequação da rede de água na Nova Vinhedo
15 de março de 2018

Na reta final dos trabalhos de construção, a terceira estação de tratamento de água de Vinhedo continua recebendo os últimos ajustes para que possa entrar em operação até o mês de Maio dentro do condomínio São Joaquim.

 

Com as obras civis concluídas, a Sanebavi (Saneamento Básico Vinhedo) já iniciou a montagem dos painéis elétricos na subestação de energia. As guias e sarjetas também estão sendo instaladas para que depois a área seja pavimentada.  

 

“Depois de finalizada, a estação terá capacidade para tratar até 720 m³/h de água, beneficiando os bairros Altos do Morumbi, Vida Nova 1, Eldorado e Vila Savian que sofrem problemas de falta de pressão na rede. O abastecimento de água será feito com uma rede subadutora implantada ao longo da estrada da Capela”, afirma o Superintendente da Sanebavi, Odair Seraphim, o Canjica.

 

A água bruta do rio Capivari será armazenada em uma área maior que o espaço atual. O terreno foi rebaixado em 4 metros para receber a água. Todo o entorno do lago já recebeu placas de concreto nas laterais.

 

A água será captada, tratada e depois enviada para os reservatórios da Estrada da Boiada para distribuição. A rede adutora com tubos de ferro fundido de 400 mm foi instalada em uma extensão de 2,3 km entre o condomínio São Joaquim e os reservatórios da Boiada. 

 

“Com a ETA 3 nós utilizaremos a outorga máxima de captação no rio Capivari, aumentando a oferta de água para o município. Com mais um reservatório com capacidade para dois milhões de litros de água tratada construído na estrada da Boiada e com outros investimentos que iniciaremos ainda este ano nós vamos proporcionar mais qualidade de vida para todos”, afirma o prefeito de Vinhedo, Jaime Cruz.

 

Investimentos para 2015

 

Para 2015, outras obras importantes para a cidade serão iniciadas por causa dos convênios já assinados junto aos Governos Federal (PAC 2) e Estadual (FEHIDRO) que repassarão cerca de R$ 30 milhões. 

 

Esse recurso será utilizado na implantados 19 km de rede coletora de esgoto doméstico do Distrito Industrial, na construção de estações elevatórias e emissários de esgoto para os bairros Altos do Morumbi, Colinas de São Diego, Vila Fontaine e São Joaquim, além da ampliação da estação de tratamento de água do Jardim Santa Cândida (ETA 2) que aumentará a capacidade de tratamento da estação para 300 m³/h e da expansão da rede de distribuição para o Distrito Industrial que será abastecido pela ETA 3 em construção no São Joaquim.  

 

Também será feita a adequação da rede de água na Nova Vinhedo com a substituição da rede em cimento amianto para tubos de PVC e de ferro fundido em uma extensão de 6.174 metros, diminuindo as perdas de água tratada ocasionados por vazamentos e melhorando a distribuição de água para a população. 

 

Neste projeto também está contemplado a reforma do reservatório de 800 mil litros da Nova Vinhedo. Depois que toda a rede for substituída, ele será esvaziado para ser reformado e impermeabilizado. 

 

Tamanho da fonte
Contraste