A partir desta quinta-feira, tráfego na Estrada da Boiada, no sentido Valinhos, fica liberado em uma faixa

Vazamento em rede desabastece reservatórios e bairros na região da Capela ficam sem água
11 de abril de 2017
Cronograma das obras de implantação da adutora é entregue pela empresa executora ao Ministério Público
13 de abril de 2017

 

Na próxima semana, obras da adutora avançam e novo trecho recebe interdição

 

A partir das 12h desta quinta-feira, dia 13,  o trecho interditado para obras da Sanebavi ficará liberado para o tráfego de veículos em uma das faixas  no sentido Vinhedo-Valinhos. O livre acesso dos motoristas permanecerá durante todo o feriado prolongado e, na próxima semana, as obras avançam  mais uma etapa, sendo necessário o bloqueio do trecho seguinte para início da escavação das valas. 

 

Nos próximos dias, os condutores que utilizarem a Estrada da Boiada, nas proximidades do semáforo da Av. Brasil, devem ficar atentos à sinalização e desvios, optando sempre pelas rotas alternativas. 

 

Nesta semana foi feita a instalação de tubos, compactação de terra e concretagem dos blocos de ancoragem das curvas de 45 graus. 

 

A obra – A implantação da adutora está sendo feita  numa extensão de 4 km e vai quadriplicar a capacidade de vazão, melhorando o abastecimento de toda cidade.

 

Atualmente, a Boiada possui duas adutoras que juntas têm capacidade total de 84,8 litros por segundo, atendendo uma população de pouco mais de 20 mil habitantes. Já o novo sistema tem capacidade de vazão prevista para 341 litros por segundo, quatro vezes maior que a atual, ampliando o atendimento para uma população de mais de 82 mil habitantes. 

 

A substituição da adutora faz parte do Programa de Redução de Perdas da Sanebavi que visa eliminar o desperdício de água tratada decorrente de vazamentos nos sistemas. A obra está sendo executada a partir de recursos da Fehidro (Fundo Estadual de Recursos Hídricos), na ordem de R$ 4 milhões, com contrapartida do município de Vinhedo. 

 

 

Tamanho da fonte
Contraste